Thiago Ferri
29/10/2016
21:32
Santos (SP)

O Santos entrou em campo sabendo que se vencesse o líder Palmeiras entraria no G3 do Brasileiro e manteria viva a esperança de título. Pois com o gol de Copete, o Peixe fez 1 a 0 e continua na briga pelo Nacional, já que a distância para o Verdão agora caiu a seis pontos, restando cinco rodadas para o fim do torneio.

Embora dois dos melhores times do campeonato, Peixe e Verdão jogaram no primeiro tempo para errar o mínimo no escorregadio gramado da Vila. Por isso, abusaram de chutões. As chances eram escassas: a do Santos, na saída errada do estreante Vinicius Silvestre em que Ricardo Oliveira chutou para fora. Pelo Verdão, Jean parou em boa defesa de Vanderlei.


Os donos da casa finalizavam mais, mas não os tiros foram facilmente defendidos por Vinicius, que se tranquilizou após o erro.

O script parecia se repetir no segundo tempo, mas o Santos começou a se aproveitar melhor das jogadas de Ricardo Oliveira como pivô. O Peixe foi tornando-se mais perigoso e achou espaços. Em uma saída lenta de Fabiano, Lucas Lima rasteiro, Vinicius desviou, a bola bateu em Vitor Hugo e sobrou limpa para Copete empurrar. Festa para os quase 14 mil santistas na Vila que já estavam impacientes com o 0 a 0.

Cuca colocou Cleiton Xavier e mais dois atacantes, mas não conseguiu o mais básico para empatar: finalizar em gol. Vanderlei foi pouco incomodado na etapa final. Gabriel Jesus, em seu 19º clássico, segue sem marcar gols nos três rivais do Palmeiras e não foi bem. A sequência de 15 partidas sem perder do líder no Brasileiro também foi água abaixo.

Após o apito final, a festa foi grande dos santistas, em campo e nas arquibancadas. Mais do que a ótima rodada, o Peixe mais uma vez bateu o seu maior rival do momento, com quem decidiu um Paulista e uma Copa do Brasil nos últimos dois anos. Outra "decisão" feliz para o Alvinegro contra o Palmeiras.

Agora na frente do Atlético-MG, o Santos tem 61 pontos e está em terceiro lugar, a um ponto do Flamengo e seis do líder. O Palmeiras ainda tem uma vantagem confortável, mas perdeu a chance de tirar um rival da briga pelo título e encerrar o jejum de cinco anos sem vencer na Vila. Agora, são nove vitórias e dois empates do Peixe desde 2011 na Baixada.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 1 X 0 PALMEIRAS

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data/horário: 29 de outubro de 2016, às 19h30
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Auxiliares: Marcio Gleidson Correia e Helcio Araújo Neves (PA)
Público/renda: 13.574 pagantes/ R$ 413.390
Cartões amarelos: Lucas Lima, Zeca, Ricardo Oliveira e Fabian Noguera (SAN); Mina, Moisés e Gabriel Jesus (PAL)
Cartões vermelhos:
Gols: Copete, aos 21'/2T (1-0)

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe (Noguera 7'/2T), David Braz e Zeca; Thiago Maia, Renato, Lucas Lima e Jean Mota (Yuri, aos 34'/2T) ; Copete (Caju, aos 42'/2T) e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior.

PALMEIRAS: Vinicius Silvestre; Fabiano (Leandro Pereira, aos 26'/2T), Mina, Vitor Hugo e Zé Roberto; Jean, Tchê Tchê e Moisés; Allione (Cleiton Xavier, aos 34'/2T), Dudu (Rafael Marques, aos 33'/2T) e Gabriel Jesus. Técnico: Cuca.