Rodrigo Lindoso - Botafogo

(Foto: Vinícius Britto)

Rafael Bortoloti
21/08/2017
19:17
Rio de Janeiro (RJ)

Como superar o Flamengo, adversário que não perdeu clássicos nesta temporada, e o Maracanã lotado? Para o volante Rodrigo Lindoso, o Botafogo não pode deixar de atacar, afinal, precisa da vitória ou de um empate com gols para se classificar sem precisar ir aos pênaltis. 

 - Não vamos só marcar, vamos atacar também. No futebol o objetivo é o gol.  Não é porque a torcida do Flamengo estará em maioria que vamos ficar com a bunda lá na defesa, lá atrás. Não temos que só nos defender.Vamos fazer o nosso jogo - comentou o volante em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

O meio-campo destacou ainda que o zagueiro e capitão Joel Carli fará muita falta ao elenco no jogo contra o Flamengo. Apesar disso, ele afirmou que crê num duelo equilibrado no Maracanã. 

 - Perdemos o nosso capitão, um jogador extremamente importante, mas eles também têm as perdas deles. Mas no nosso caso tem que dar muito apoio a quem vai entrar no lugar. É um clássico, semifinal, próximo do título. Eles também têm um bom elenco. Temos que respeitar. As duas equipes estão na mesma situação e será decidido nos detalhes. Está 50 a 50 - opinou Rodrigo. 

O jogador de 28 anos também comentou sobre uma eventual disputa de pênaltis. Em grande fase com os seus goleiros, o Botafogo também está preparado ofensivamente. Pelo menos é o que ele garante: 

 - A gente treina pênaltis quase todo dia. Às vezes vocês não estão, mas a gente faz. Eu e Roger. Espero que a gente não chegue nos pênaltis, espero que a gente decida em campo - finalizou o atleta.