Vinicius Jr e Malcom - Barcelona x Real Madrid

Vinícius Jr e Malcom são duas das atrações do clássico (Foto: AFP)

André Schmidt
26/02/2019
13:03

Poucos clássicos do mundo atraem tantos olhos quanto o duelo entre Real Madrid e Barcelona. Nesta quarta-feira, novamente os olhares estarão sobre os rivais espanhóis. As equipes se enfrentarão pelo jogo de volta da semifinal da Copa do Rei, no Santiago Bernabéu, em Madri. Com o 1 a 1 na primeira partida, o Real joga por nova igualdade no placar para avançar.

O histórico do confronto em Madri é amplamente favorável ao time da casa, que venceu 66 dos 120 duelos como mandante, segundo dados do site OGol. O Barça, por sua vez, triunfou apenas 29 vezes, ocorrendo somente 25 empates. No entanto, de 2009 pra cá, a equipe catalã vem invertendo o domínio do rival em seu território, reescrevendo uma nova história.

- O PRIMEIRO DUELO

Barcelona x real Madrid 1902
Imagem do primeiro El Clásico (Divulgação/Barcelona)

O primeiro jogo entre Real Madrid e Barcelona aconteceu na capital espanhola, em 1902, no hipódromo de La Castellana, local onde foi construído o Santiago Bernabéu, em 1947. A partida foi válida pelas semifinais da Copa de la Coronación, curiosamente, a competição que deu origem à atual Copa do Rei, pelo qual os dois times se enfrentarão nesta quarta-feira.

O jogo terminou com o placar de 3 a 1 para o Barça, que já disputava a modalidade há dois anos, enquanto que o Madri - ainda sem o Real no nome -havia atuado apenas em alguns poucos amistosos locais contra o New FC, também da capital. O inglês Arthur Johnson abriu o placar para os donos da casa, mas o alemão Steinberg, duas vezes,  e Henry Morris, uma, viraram o placar para os catalães.

- A PRIMEIRA VITÓRIA MADRIDISTA

Real madrid x Barcelona 1916
Reprodução

O retrospecto começaria a mudar em 1916, no terceiro duelo entre as equipes, o segundo em Madri. Quatorze anos após o primeiro encontro, os clubes voltaram a se reencontrar em uma semifinal. Após perder o jogo de ida por 2 a 1, em Barcelona, o time da capital bateu o rival por 4 a 1 pela Copa de Su Majestade El Rey Alfonso XIII.

Santiago Bernabéu, que viria a dar seu nome ao estádio do Real, marcou três vezes na goleada, com Juan José Petit completando o marcador. Martínez fez o de honra dos visitantes.

- A CONSOLIDAÇÃO DA RIVALIDADE

real Madrid 1916
Time do Real Madrid em 1916 (Reprodução)

A goleada imposta pelo Madrid ao Barcelona forçou um terceiro jogo entre as equipes, já que não havia saldo de gols como critério de desempate na época. E o duelo seguinte foi, talvez, o grande propulsor da rivalidade. Um 6 a 6 histórico.

O Madrid saiu na frente fazendo 2 a 0, mas o Barça virou para 3 a 2. Na sequência, nova virada: 4 a 3 para o Real. O Barcelona, porém, empatou novamente e levou o jogo para a prorrogação, onde saíram mais quatro gols, dois para cada lado. Foi necessário um quarto confronto para definir o finalista da competição. Dessa vez, os madridistas venceram por 4 a 2 - 2 a 2 no tempo normal. O Athletic Bilbao, porém, ficaria com o título.

- A SUPREMACIA DO MADRID COMO MANDANTE

Ronaldo - Real Madrid
Ronaldo fez 4 gols pelo Real contra o Barcelona (Divulgação)

Após os disputados duelos de 1916, Real Madrid e Barcelona voltariam a se enfrentar apenas dez anos depois, e com duas goleadas catalãs: 5 a 1 e 3 a 0, sendo a primeira na capital espanhola. Nos 80 anos seguintes, porém o que se veria seria um domínio quase que total do Real sobre o Barça em seus domínios. 

Em 98 jogos disputados em Madri entre 1928 e 2008, o Real venceu 60, incluindo as históricas goleadas por 8 a 2, em 1935, e 11 a 1, em 1943. Neste período, ocorreram ainda 21 empates e apenas 17 triunfos do Barcelona.

- A VIRADA DO BARÇA

Messi na temporada 2008/2009 no Barcelona
Messi tem retrospecto positivo no Bernabéu (AFP)

A supremacia do Real sobre o Barça em Madri, porém, se inverteu nos últimos anos. Apesar de seguir dominando o retrospecto geral como mandante, o clube da capital venceu apenas quatro dos últimos 17 jogos como mandante contra o rival. Já o Barcelona saiu vitorioso em dez oportunidades.

Coincidência ou não, a mudança começou na temporada 2008/2009, ano em que Lionel Messi se tornou protagonista da equipe, logo após a saída de Ronaldinho Gaúcho. A goleada por 6 a 2 imposta em 2009, pelo Espanhol, com dois do argentino, dois de Henry - Puyol e Piqué completaram - e quatro assistências de Xavi, deu início a uma nova história do El Clásico no Bernabéu.

- O ÚLTIMO ENCONTRO NO BERNABÉU

Real Madrid x Barcelona
Suárez marcou no último jogo no Bernabéu (AFP)

A última partida entre os rivais disputada no Santiago Bernabéu aconteceu em dezembro de 2017. Com gols de Suárez, Messi e Vidal, o Barcelona voltou a golear o Real Madrid em seu próprio estádio, mantendo o bom retrospecto recente como visitante no El Clásico.

Nos últimos cinco duelos em Madri, o Barça venceu quatro e perdeu apenas um, marcando 13 gols e sofrendo somente seis. Resta saber agora qual histórico prevalecerá nesta quarta-feira: o geral ou o mais recente?