Edílson

Edílson durante o programa "Os Donos da Bola"  (Foto: Reprodução/Band)

LANCE!
22/01/2021
18:00
São Paulo (SP)

Após alguns torcedores do São Paulo irem ao Centro de Treinamento do clube protestar contra os resultados recentes do time, o ex-jogador e comentarista Edílson se posicionou contra a postura destes torcedores durante o programa "Donos da Bola". Para o ex-atleta, esse tipo de cobrança é inaceitável. 

> Confira a classificação atualizada do Brasileirão 2020 e simule os resultados

- Eu sou contra esse tipo de protesto. Ninguém vai no trabalho de uma pessoa comum reclamar e acusar se alguém está trabalhando certo ou errado. Esses caras vão para frente do CT para tumultuar o ambiente. Eu acho errado. Não gosto disso. Como ex-jogador profissional, eu defendo a minha classe. Jogar mal é normal. São seres humanos. Eu não aceito esse tipo de cobrança - explicou Edílson.

- Eu tomei pressão em todos os times que passei. Fiquei um dia cinco horas dentro do Pacaembú ouvindo de um monte de torcedores do Corinthians. Sabe o que eu fiz? Fiquei quietinho e ouvi. Eu prefiro ser um covarde vivo do que um herói morto. Falei para eles: vocês têm razão. Eu preciso emagrecer. Estou errado - questionou Edílson.

​A próxima partida do Corinthians no Brasileirão será contra o Bragantino, na segunda.