HOME - Remo x Vasco - Copa do Brasil - Thalles (Foto: Carlos Gregório Jr./Vasco)

Vasco venceu por 1 a 0 e poderá jogar por um empate no Rio de Janeiro (Foto: Ricardo Lima/Futura Press)

David Nascimento
13/04/2016
23:48
Belém (PA)

Mais uma vez com a camisa do Vasco, Thalles saiu do banco e provou ter estrela. Na noite desta quarta-feira, diante do Remo, em Belém (PA), ele entrou na segunda parte da etapa final e fez o gol da vitória carioca por 1 a 0. O resultado dá vantagem do empate ao Vasco no jogo de volta da primeira fase da Copa do Brasil, previsto para o próximo dia 27, no Rio de Janeiro. Já são 20 jogos de invencibilidade do time de Jorginho.

Com as ausências de Rodrigo e Julio Cesar por conta de dores, Jorginho foi obrigado a mudar o esquema em que o Vasco estava acostumado a jogar. O treinador foi além: sacou Julio dos Santos e deixou Yago Pikachu como titular no meio de campo. O cenário apresentado pelos cariocas não foi o dos melhores, prejudicando o planejamento em campo.

O Remo, com o apoio de sua torcida, soube segurar o ímpeto do Vasco. E mais: deu trabalho ao goleiro Martin Silva em certas ocasiões. O arqueiro salvou em umas, mas bobeou em outras e deu sorte por não sofrer o gol. Como exemplo, aos 25 minutos do primeiro tempo, quando dominou errado a bola e cedeu escanteio ao adversário.

Para o segundo tempo, os técnicos não mudaram a forma de jogar de suas equipes. Em um lance incomum da estreia, aos quatro minutos, a melhor chance de gol até o momento. Riascos achou Jorge Henrique livre na grande área, ele dominou cara a cara com o goleiro Fernando Henrique, que fez grande defesa.

Aos sete e 11 minutos da etapa final, o Remo conseguiu responder com Chicão e Max Lelis, respectivamente, mas em ambas as oportunidades Martin Silva foi bem na defesa. Foi quando Jorginho assumiu a responsabilidade e começou a fazer alterações que mudou o rumo da partida, dando um gás que estava se mostrando mais do que necessário.

Na marca dos 27 minutos, Jorginho tirou Riascos, que não estava bem, e colocou Thalles. Mais uma vez, ele saiu do banco de reservas e resolveu a partida para o Vasco. Aos 40, Henrique desceu pela esquerda e cruzou com perfeição para ele, que estufou as redes sem dificuldades. Vitória suada, mas merecida. Agora, para o Vasco, é pensamento no domingo, decisão da Taça Guanabara contra o Fluminense em Manaus.

FICHA TÉCNICA
REMO 0 X 1 VASCO


Estádio: Mangueirão, em Belém (PA)
Data/hora: 13/4/2016 - 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Auxiliares: Marcos Santos Vieira (AM) e Uesclei Regison Pereira dos Santos (AM)
Renda/público: Não disponíveis
Cartões amarelos: Eduardo Ramos, Lucas Garcia (REM) e Madson, Riascos (VAS)
Cartões vermelhos: Ninguém

GOL: Thalles 40'/2ºT (0-1)

REMO: Fernando Henrique; Levy (Alisson 11'/1ºT), Henrique, Max Lelis e Ítalo (Igor João 42'/2ºT); Lucas Garcia, Chicão, Yuri Naves e Eduardo Ramos; Ciro (Silvio 28'/2ºT) e Luiz Carlos. Técnico: Marcelo Veiga.

VASCO: Martin Silva; Madson, Luan, Rafael Vaz e Henrique (Evander 44'/2ºT); Marcelo Mattos, Yago Pikachu (Eder Luis 20'/2ºT), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Riascos (Thalles 27'/2ºT). Técnico: Jorginho.