Maracanã (Foto: Vanderlei Almeida/AFP)

Maracanã (Foto: Vanderlei Almeida/AFP)

Igor Siqueira
13/04/2016
16:22
Rio de Janeiro (RJ)

A Ferj recebeu sinal positivo a respeito da liberação para que o Maracanã seja usado nos dois jogos da final do Carioca-2016, nos dias 1 e 8 de maio.

O presidente da entidade, Rubens Lopes, que pela manhã teve um encontro com o prefeito do Rio, Eduardo Paes, terá uma "parte 2" das reuniões sobre o tema no dia, agora com a participação do Comitê Rio-2016, na Barra da Tijuca. Eduardo Paes tinha se comprometido com Rubinho de que "faria o máximo" para que a decisão do Estadual acontecesse na Cidade Maravilhosa.

O Maracanã está entregue ao Comitê Olímpico Internacional e à Rio-2016 desde 1 de março. E a concessionária responsável pelo estádio demitiu quase todo o quadro de funcionários. A Ferj, ao pedir para que o Maracanã fosse usado, já tinha ciência da dificuldade de colocá-lo em operação, ainda que o estádio tenha recebido shows ultimamente. No entanto, a entidade alegou haver condições, mediante um esforço, de prover os serviços necessários para a partida, como segurança, área médica e bilheteria.