icons.title signature.placeholder João Pires
20/03/2014
17:38

O sonho de obter grandes títulos é capaz de mudar a vida de alguns atletas. Foi o que aconteceu com Siddharta Almeida, jovem de 14 anos que sonha em ser um grande atleta de tênis de mesa. O mesatenista precisou deixar Manaus (AM) e ir morar em Santos (SP) a fim de alcançar um alto nível de competição.

Apoiado pelo pai, Cristian, que trabalha como fotógrafo, Siddharta aceitou o desafio e se mudou no início de 2013 para Santos. Em função das boas notas no colégio em Manaus e o histórico esportivo, o pai do jovem mesatenista conseguiu uma bolsa para que ele estudasse sem custos em uma escola da cidade do litoral paulista. Além disso, Siddharta passou a competir pela equipe de tênis de mesa do Santa Cecília.

- Começei com o tênis de mesa na escolhinha do meu colégio, como brincadeira. Mas, meu pai viu que eu gostava e queria isso. A partir daí, começou a me apoiar e pagar treinos particulares. Teve uma hora que ele falou que tínhamos que ir para São Paulo, pois, por enquanto, eu estava no nível de todos no Brasil, mas depois não ia conseguir manter com a estrutura de treinos aqui de Manaus - disse Siddharta.

Aos 14 anos, ele é atualmente um dos melhores de sua categoria, a infantil. A partir desta sexta-feira, ele disputará, em Manaus (AM), a Copa Brasil de Tênis de Mesa (veja mais abaixo). O evento, um dos oito principais torneios que formam o calendário nacional da modalidade, fornece pontos para os rankings de cada categoria.

Após a mudança, Siddharta já conseguiu o seu primeiro grande feito: uma vaga na Seleção Brasileira. Ano passado, competiu pela equipe nacional infantil no Aberto de Jovens do Rio de Janeiro, evento que faz parte do Circuito Mundial Infantil e Juvenil.

Além disso, mesmo sendo atleta infantil, ele derrotou em novembro de 2013 o então líder do ranking nacional juvenil (categoria acima), Luan Loner, pelo Campeonato Brasileiro da categoria, em Bento Gonçalves (RS).

- Graças a deus hoje estou entre os melhores da minha categoria no Brasil e isso me deixa feliz. Já joguei pela Seleção Brasileira, disputei o Aberto de Jovens, no Rio. Na época, joguei no infantil e no juvenil (não conseguiu avançar) - acrescentou o jovem canhoto.

Siddharta tem como grande objetivo a partir de agora o crescimento no ranking nacional para se classificar às principais competições, como Campeonato Latino-Americano, que dá vaga ao Mundial.

A COPA BRASIL:

A Copa Brasil de Tênis de Mesa é um evento que se divide em seis etapas ao longo da temporada. O torneio em Manaus é a primeira delas e teve início nesta quinta-feira, com as disputas através dos níveis técnicos. As disputas mais importantes, por categorias, começam nesta sexta, mesmo dia em que terá início a Copa Latina, evento-exibição, mas que terá a presença de mesatenistas brasileiros, argentinos e cubanos.

Na disputa por categorias na Copa Brasil, a principal será o Absoluto A, onde os melhores do adulto atuam. Siddharta disputará no infantil e também na primeira categoria acima de sua idade, o juvenil.

O calendário nacional do tênis de mesa conta com oito grandes eventos que contam pontos aos rankings: os seis torneios da Copa Brasil e dois Campeonatos Brasileiros, um por equipes e outro individual.

*O repórter viaja a convite da CBTM