icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/11/2014
19:15

O São Paulo fechou uma parceria para modernizar o trabalho de recuperação de jogadores no Reffis. Em conjunto com a empresa australiana DorsaVi, o clube será o primeiro da América Latina a contar com o ViPerform, aparelho que realiza avaliações e dá parâmetros aos médicos, preparadores físicos e fisioterapeutas para prevenção e reabilitação de lesões.

O uso da tecnologia de sensores sem fio tem como objetivo medir a qualidade de atividade dos movimentos e músculos. Um software fornece relatórios, em tempo real, para estabelecer dados de movimentações de diversas partes do corpo no computador. Em testes de corrida, o aparelho informa sobre a força de reação do solo e índice de assimetria em campo em diferentes superfícies, como grama.

O controle de prevenção também avalia os joelhos, por meio da estabilidade em agachamentos e testes de saltos. O aplicativo permite a avaliação de flexão, extensão e rotação interna e externa do quadril de forma eficiente e com um alto nível de precisão, medindo a amplitude do quadril, de acordo com o São Paulo.

A ViPerform também fornece dados sobre a amplitude dos movimentos da coluna lombar e, instantaneamente, permite que atletas e membros da comissão técnica possam ver os movimentos em tempo real, melhorando a propriocepção, controle motor e habilidades.

- Em caso de alterações musculares, por exemplo, o aparelho servirá para nos fornecer mais informações sobre o problema do atleta. Assim, saberemos como proceder para prevenir as lesões e corrigir a postura dos atletas. Essa tecnologia nos ajudará bastante, já que poderemos calcular e balancear a força muscular dos jogadores. No período de recuperação também será importante, pois saberemos quando eles estão aptos novamente para correr e trabalhar no campo - explicou o fisioterapeuta Ricardo Sasaki, em entrevista ao site oficial do clube.

Com os benefícios da ViPerform, o São Paulo acredita que seus profissionais poderão melhorar a tomada de decisão sobre o retorno para o jogador, ajudar os atletas a alcançar e manter o desempenho máximo, facilitar o cronograma de programas de treinamento sob medida e reduzir o número de lesões musculares.

O pacote de software LIVE permite que os dados dos sensores possam ser vistos no computador. Ele também oferece vários módulos para triagem e avaliação. O programa também é capaz de analisar os dados e resultados, permitindo que os atletas entendam qual a melhor forma de realizar os movimentos.

O Reffis são-paulino é um dos centros de recuperação mais utilizados por jogadores brasileiros que atuam na Europa e precisam do tratamento, principalmente quando sofrem lesões nos joelhos. Zé Robinho, Kaká, Amoroso, Ricardo Oliveira e Diego são exemplos de jogadores que fizeram recuperação no espaço do Tricolor mesmo sem atuarem no clube. Atualmente, o volante Maicon se recupera de lesão no joelho direito no local.