icons.title signature.placeholder Leonardo Saueia
04/02/2015
18:36

O Instituto Alma Rugby lançou nesta quarta-feira, em evento realizado em São Paulo, o Programa '+ Esportes + Valores'. O projeto social, patrocinado pela multinacional AIG, é direcionado à prática da modalidade olímpica por 40 estudantes bolsistas de até 18 anos da Escola da Comunidade, mantida pelo Colégio Visconde de Porto Seguro.

Com o objetivo de integrar esses jovens à sociedade através do esporte, os idealizadores acreditam que os valores presentes rúgbi podem ser integrados à personalidade de cada um e, consequentemente, à população em geral. Inicialmente disponível a apenas uma parcela dos alunos, o programa tem a ambição de englobar os mais de 1700 bolsistas.

- A parceria proposta pelo Instituto vai ao encontro com as nossas convicções. Valores como respeito, cavalheirismo e trabalho em equipe, ensinados pelo rúgbi, devem ser resgatados em nossa comunidade. O projeto tem tudo para ser um sucesso e as crianças adoraram o Programa - afirma Rachel Braun, vice-diretora pedagógica da Escola da Comunidade.

Embora ainda não seja a preferência entre os brasileiros, o rúgbi vem crescendo muito no país. Com maior divulgação do trabalho feito pelas equipes, há um projeto de tornar o esporte como o segundo mais praticado no Brasil até 2030, atrás apenas do futebol. Apesar de ambicioso, os idealizadores do 'Programa + Esportes + Valores' acreditam que podem contribuir, passo a passo, com o desenvolvimento da modalidade.

- Sonhar grande e sonhar pequeno tem o mesmo custo, então eu prefiro sonhar grande. Temos muitos planos para o esporte, mas este é só o começo e primeiro temos que fazer nosso trabalho com qualidade aqui na escola. No rúgbi não existe ninguém melhor que ninguém, e é isso que queremos passar às crianças - explica o idealizador do projeto, Giuliano Passini.

Aqui no Brasil para a disputa da segunda etapa do Circuito Mundial Feminino de Sevens, a seleção da Nova Zelândia, uma das melhores do mundo, também compareceu ao lançamento do Programa a convite da AIG.

- O rúgbi ensina diversos valores e é por isso que acreditamos no esporte como uma lição de cidadania. Nosso principal ponto, independentemente do contato e da virilidade presentes na modalidade, é o respeito. Todos no time temos o mesmo objetivo e ninguém é mais importante que ninguém - disse a camisa 39, Charlotte Scanlan.