icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
11/07/2013
08:37

O que leva atletas de alto nível a ter bons desempenhos físicos, apesar da idade avançada, como os casos de Seedorf e Zé Roberto, são os fatores genéticos, os hábitos, o estilo de vida do indivíduo ao longo de toda a carreira e a manutenção de suas atividades.

Há também o caso de jogadores que se preservaram mais ao longo da carreira. Um grande exemplo foi o lateral-direito Cafu, que jogou bola por muitos anos e tinha uma genética muito privilegiada.

A gente geralmente pega um atleta que tem predisposição a lesões no joelho, outros com predisposição a lesões nos tornozelos ou lesões musculares. Se o atleta tiver uma tendência um pouco maior para algum tipo de lesão, a gente faz um preparo um pouco mais específico para determinadas situações. Agora, quando ele não tem, é feito um trabalho global, tomando-se sempre cuidado com a sobrecarga de treinamentos

O que leva atletas de alto nível a ter bons desempenhos físicos, apesar da idade avançada, como os casos de Seedorf e Zé Roberto, são os fatores genéticos, os hábitos, o estilo de vida do indivíduo ao longo de toda a carreira e a manutenção de suas atividades.

Há também o caso de jogadores que se preservaram mais ao longo da carreira. Um grande exemplo foi o lateral-direito Cafu, que jogou bola por muitos anos e tinha uma genética muito privilegiada.

A gente geralmente pega um atleta que tem predisposição a lesões no joelho, outros com predisposição a lesões nos tornozelos ou lesões musculares. Se o atleta tiver uma tendência um pouco maior para algum tipo de lesão, a gente faz um preparo um pouco mais específico para determinadas situações. Agora, quando ele não tem, é feito um trabalho global, tomando-se sempre cuidado com a sobrecarga de treinamentos