icons.title signature.placeholder Ivo Felipe
15/12/2013
09:29

A realização do Mundial Feminino de Handebol colocará fim a uma sina da Arena Belgrado. Desde o início de sua construção, em 1991, o ginásio já esteve na pauta para sediar dois torneios deste calibre. No entanto, ambos tiveram de ser retirados do local por conta da eclosão de conflitos.

Em 1989, a antiga Iugoslávia foi escolhida para sediar o Mundial Masculino de Basquete de 1994. A construção da Arena Belgrado saiu do papel justamente para receber os principais jogos do torneio.

Contudo, desdobramentos da guerra civil iugoslava, que teve início justamente em 1991, fizeram com que a Federação Internacional de Basquete (Fiba) optasse por trocar o local da competição, que acabou sendo realizada no Canadá.

Por conta das sanções econômicas sofridas pelas Iugoslávia neste período, a construção da arena foi interrompida em 1995. Ela só seria recobrada três anos mais tarde, com vistas ao Mundial de Tênis de Mesa de 1999. Outro conflito armado, no entanto, viria a impedir o torneio.

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) bombardeou a capital sérvia por conta da Guerra do Kosovo. O que obrigou a organização a levar competição de tênis de mesa para Kuala Lumpur (MAL).

A Arena Belgrado só teve a sua reconstrução reiniciada em 2000. Quatro anos mais tarde, foi concluída. De lá para cá, a despeito de ter concorrido a diversos torneios mundiais, não conquistou o direito a nenhuma sede. Sina quebrada com o Mundial Feminino de Handebol deste ano.

O maior torneio recebido no complexo de esportes sérvio até então havia sido a decisão da Copa Davis, em duas oportunidades. Em 2010, o país conquistou o seu primeiro título da competição - liderado por Novak Djokovic -, ao fazer 3 a 2 na equipe francesa na Arena Belgrado.

No mês passado, no entanto, a decepção: a Sérvia foi derrotada em frente à sua torcida que lotou as dependências do ginásio multiuso pelo time da República Tcheca, por 3 a 2, e perdeu a sua chance de faturar pela segunda vez título da competição de tênis entre nações.

Arena Belgrado
Início da construção: 1991
Conclusão: 2004
Capacidade: Até 25.000 pessoas
Custo: 70 milhões de euros (cerca de R$ 250 milhões)
Recorde de público: 22.680 pessoas, na decisão da Liga Mundial de 2009, entre Brasil e Sérvia.