Luiz Signor
12/10/2016
00:10
Rio de Janeiro (RJ)

Gabriel Jesus fez um golaço no começo do jogo e tornou mais fácil a vida da Seleção Brasileira na tranquila vitória por 2 a 0 sobre a Venezuela, nesta terça-feira, pelas Eliminatórias. Ganhou a melhor nota, ao lado de Renato Augusto. Quem foi o melhor em campo na sua opinião? Participe:

BRASIL

6,0
Alisson

Seguro, fez o que dele se esperava quando precisou mostrar serviço contra Martínez, Guerra & Cia. no segundo tempo.

5,5
Daniel Alves

Não esteve em uma noite inspirada, mostrando falta de repertório no ataque. E quase complicou na marcação.

6,0
Marquinhos
Apenas uma falha na etapa final. Vem conquistando seu espaço com merecimento na Seleção principal.

6,5
Miranda
Atento, mostrou poder de reação sempre que foi necessário. Deixou a desejar apenas em uma tentativa de Rondón.

5,5
Filipe Luís
Desempenho razoável no ataque. Vinha bem na defesa, mas quase comprometeu quando Guerra teve boa chance.

6,0
Fernandinho
Cumpriu bem seu papel. Não foi brilhante, mas soube ser eficaz e aproveitou a chance de substituir Casemiro.

6,5
Paulinho
Apareceu, como de praxe, bem na frente, tendo boas chances de marcar. Mas já está pendurado novamente.

7,0
Renato Augusto
É um desperdício atuar na China. Ditou o ritmo da Seleção com a bola. É cada vez mais fundamental em campo.

6,5
Willian
Tardou a “entrar” no jogo, não conseguia ser efetivo, mas cresceu aos poucos e voltou a ser algoz contra a Venezuela.

6,0
Phillipe Coutinho
Não teve a atuação compatível com sua capacidade, mas não faltou iniciativa. Vai se “ambientando” entre os 11.

7,0
Gabriel Jesus
Não sente o peso de ser a referência do ataque, de usar a 9. Bem posicionado e oportunista, enche os olhos de quem vê.

5,5
Giuliano
Poderia ter entrado na vaga do já amarelado Paulinho antes. Buscou cumprir suas obrigações nos dez minutos que teve.

6,0
Taison
Teve apenas quatro minutos para jogar, mas mostrou iniciativa, tentando três investidas.

6,0
Téc: Tite
Jogadores entenderam seus conceitos, Seleção soube se portar em campo, até foi ameaçada, mas mereceu vencer.

VENEZUELA

4,5
Hernández
Erro imperdoável para um goleiro que só atuou na Europa.

5,0
Rosales
Limitou-se a tentar conter os avanços pela esquerda. E fracassou.

4,5
Ángel
Quase complicou ao perder bola para Coutinho. Sem qualidade.

5,0
Velásquez
Ligeiramente superior ao companheiro, mas muito viril.

5,5
Feltscher
Teve iniciativa e tentou levar perigo pela esquerda.

5,5
Rincón
Voluntarioso, fez o que podia para conter as investidas do Brasil.

4,5
Flores
Atuação apática. Deveria ter sido o primeiro a ser substituído.

5,5
Añor
Tentou ser efetivo, transitando bem pelo meio, mas foi perdendo ímpeto.

6,0
Peñaranda
Principal revelação venezuelana, não se redimiu do gol perdido contra o Uruguai, mas levou muito perigo.

5,5
Martínez
Vinha deixando a desejar, mas cresceu na etapa final e quase marcou.

6,0
Rondón
Não se omitiu, buscou o jogo e, nos minutos finais, quase marcou.

6,0
Guerra
Entrou bem. Esteve cotado para iniciar o jogo e deveria ter iniciado.

5,0
Otero
Não justificou a entrada.

4,5
Herrera
Estreante, foi amarelado com menos de um minuto em campo.

5,0
Téc: Rafael Dudamel

A Venezuela foi bem dentro das possibilidades.