Usain Bolt (Foto: EFE/TELENEWS)

Usain Bolt ainda não garantiu sua vaga na Olimpíada do Rio de Janeiro (Foto: EFE/TELENEWS)

RADAR/LANCE!
01/07/2016
23:29
Kingston (JAM)

Surpresa na seletiva de atletismo da Jamaica para a Olimpíada do Rio de Janeiro. Nessa sexta-feira, Usain Bolt sentiu uma lesão muscular na coxa depois de participar das fases eliminatórias e não participou da final dos 100m rasos.

Agora, para disputar os 100m na Olimpíada, Usain Bolt, precisará apresentar um atestado médico comprovando a lesão durante a seletiva. Isso é possível porque ele já possui a segunda melhor marca do ano para a distância (9s88) e a federação jamaicana permite que, com o documento assinado pelos médicos comprovando a lesão, um atleta com marca olímpica ganhe a isenção e possa ser selecionado. A informação foi inclusive confirmada pelo Secretário-geral da Associação Jamaicana de Atletismo, Gareth Gale.

- Sendo tudo comprovado, até a próxima quinta-feira, Bolt participará da Olimpíada - disse Gareth ao UOL.

Já a vaga para os 200m complicou. Bolt - bicampeão olímpico para a prova - não conta com marca olímpica e só terá uma oportunidade, numa prova no dia 22 em Londres.

No seu Twitter, Bolt escreveu que sentiu um desconforto na noite de quinta-feira e logo após a semifinal:

- Fui examinado pelo médico da equipe da Jamaica, que confirmou uma lesão de grau 1 (branda). Por recomendação médica eu fiquei fora, mas já começo agora o tratamento e espero estar em forma nos Jogos do Aniversário de Londres, no próximo dia 22, para conquistar a vaga olímpica.

Finais dos 100m: Asafa Powell fora dos Jogos

Sem Bolt, os destaques foram Yohan Blake, vencedor com 9s95, e Nikel Ashmeade, o segundo colocado com 9s96. Ambos estão garantidos na Rio-2016. Bolt. no caso, seria o terceiro classificado. Já a outra lenda do atletismo jamaicano, Asafa Powell, não obteve índice.