LANCE!
30/04/2016
10:56
São Paulo (SP)

Rivalidade. Existe aqui e no mundo inteiro. Mas afinal, tem como medir ou é subjetivo? A revista inglesa FourFourTwo arriscou tocar neste assunto e o resultado foi uma lista com os 50 maiores clássicos do mundo. Tem Roma x Lazio, Palmeiras x Corinthians, Flamengo x Fluminense, Barcelona x Real Madrid, mas o maior mesmo é argentino, o famoso Superclasico, entre Boca Juniors e River Plate.

O clássico de Buenos Aires, que ultimamente tem terminado com chatos 0 a 0, foi eleito o maior por tudo o que envolve os times. A luta de classes (pobres x ricos), os estádios, a quantidade de títulos nacionais e Libertadores, o rebaixamento do River, as frequentes expulsões e confusões nos jogos.

Em segundo lugar está o clássico espanhol Barcelona x Real Madrid. El Clasico sempre envolve muita confusão e pode ser sentido sempre antes das partidas, às vezes até na seleção espanhola. Tem ainda a eterna briga que ultrapassa as fronteiras, com o povo catalão, a ditadura de Franco e, hoje em dia, Messi x Cristiano Ronaldo.

O campeonato escocês não é dos mais atraentes e nem técnicos. Mas quando Rangers x Celtic se enfrentam, o país para. É a briga entre cristãos e protestantes. O famoso Old Firm traz questões políticas com apoio à Rainha Elizabeth de um lado (Rangers) e exaltação ao IRA (Celtic) do outro.

A seguir aparecem Peñarol x Nacional (Uruguai), Lazio x Roma (Itália), Fenerbahçe x Galatasaray (Turquia), Liverpool x Manchester United (Inglaterra), Grêmio x Inter (Brasil), Borussia Dortmund x Schalke 04 (Alemanha) e Al Ahly x Zamalek (Egito).

Além do clássico gaúcho, aparecem no top-50 da publicação Flamengo x Fluminense (18º), Corinthians x Palmeiras (23º) e Bahia x Vitória (42º).