Flamengo x Bauru (Foto: Celso Pupo/LANCE!Press)

Fla atropelou o Bauru no quinto e derradeiro jogo da final (Foto: Reprodução / Twitter)

Lazlo Dalfovo
11/06/2016
16:14
Rio de Janeiro (RJ)

Quem para o Flamengo no NBB? Pela quarta vez consecutiva, o Rubro-Negro conquistou a competição de forma arrasadora, neste sábado, e o Bauru, assim como no ano passado, foi a vítima na decisão. Desta vez, o título veio após uma vitória no último jogo da série, por 100 a 66, no palco olímpico Arena Carioca 2.

E a conquista fez com o maior ídolo da equipe de José Neto se tornasse o herói. Vindo do banco, Marcelinho teve uma atuação inesquecível e foi o cestinha da partida, com 26 pontos, ajudando o Fla a vencer o NBB pela quinta vez em oito edições. Detalhe: Marcelinho levantou o troféu em todas estas oportunidades.

Para um público aproximado de seis mil pessoas, as duas equipes entraram pilhadas e com defesas bem físicas. Impulsionados pela torcida, os mandantes abriram cinco pontos rapidamente. Logo depois, os bauruenses reagiram e encostaram. Uma linda cravada de Alex, depois de uma arrancada ao seu estilo, foi a principal jogada dos primeiros dez minutos. Sempre vibrante, o rubro-negro Olivinha mostrou que estava com a mão quente e foi o principal pontuador no primeiro quarto.

Se não esteve tão eficiente antes, Marcelinho começou a brilhar. Ele dominou as ações no segundo período e controlou bem o ritmo ofensivo, além de pontuar. O Fla do camisa 4 contou com boa rotação e qualidade de seu elenco para fazer uma boa vantagem, que começou a ser diminuída após uma linda bola de três de Jefferson e investidas de Alex. Após os titulares do Fla voltarem à quadra, principalmente devido a Olivinha, a equipe carioca conseguiu ainda levar uma vantagem de sete pontos para o intervalo.

Para colaborar com os cardíacos, o clube carioca voltou do vestiário disposto a tranquilizar sua torcida. E não só teve êxito, como viu a arquibancada entoar gritos de "É tetra!" ainda no início do terceiro período. Com um ataque letal, o Fla aproveitou a desconcentração do Bauru para, praticamente, liquidar a partida. Marcelinho deu show novamente, Rafael Luz começou a pontuar - e vibrar muito - e o Flamengo foi para os últimos dez minutos vencendo por 71 a 49. 

No último período, o confronto, que prometia ser muito equilibrado, se transformou numa administração da grande vantagem dos cariocas. O Flamengo continuou efetivo, bem na defesa e com seu banco pontuando. Conclusão, torcida rubro-negra feliz, comemorando mais um título e cantando "Vice de novo", para os bauruenses, e "Bacalhau, tua hora vai chegar" para os vascaínos, que verão sua equipe disputar o NBB na próxima edição.