Angelo Martins e Bruno Cassucci
16/07/2016
07:40
Guarujá (SP)

Neymar não está otimista quanto ao título da Bola de Ouro de 2016. Nem aposta em Messi, companheiro de Barcelona, sempre exaltado por ele. Para o craque brasileiro, o prêmio de melhor jogador do mundo nesta temporada (cuja eleição só começa no fim ano) tem grande chance de ficar com Cristiano Ronaldo, do rival Real Madrid.

Para Neymar, as conquistas recentes do atacante português devem ser determinantes para ele faturar o troféu pela quarta vez.

- Ganhar título conta muito. Ele ganhou a Champions League, agora a Euro... Está bem próximo (a Bola de Ouro). É um grande jogador também, não tem nenhum blefe nisso - disse, em evento da Gillette, patrocinadora do craque.


Dizendo-se ansioso para a disputa da Olimpíada, Neymar também falou sobre a Seleção. Ele citou erros nos Jogos de 2012, em Londres, e também na Copa do Mundo, mas evitou dar detalhes.

- Acho que muita coisa (foi errada). Se eu falar pode acabar prejudicando muita gente. Mas muita coisa de organização. Temos que estar mais organizados em tudo. Até mesmo na Copa do Mundo. Acho que a gente deveria ser mais organizado, porque ajuda a trilhar um caminho de campeão - afirmou.

O atacante ainda se esquivou de pergunta sobre qual Gabriel é melhor, o palmeirense Jesus ou o santista Gabriel, e disse que precisará da ajuda de ambos na busca pelo ouro olímpico.

O astro do Barcelona e toda a Seleção se apresentam na próxima segunda-feira, dia 18, na Granja Comary, em Teresópolis.