Toni ex-jogador Operário

Toni foi morto quando estava indo para o trabalho (Reprodução)

RADAR/LANCE!
14/01/2016
11:56
Santo André (SP)

O ex-jogador de futebol Erlanio Freires Alves, conhecido como Toni, foi morto a tiro nesta quarta-feira. Segundo o portal “R7”, ele faleceu após ser baleado por um sargento da Polícia Militar de São Paulo ao ser confundido com um bandido. Toni, que atualmente trabalhava como auxiliar de almoxarifado, estava indo para o trabalho quando foi alvejado. O ex-atleta, de 36 anos, foi enterrado nesta quinta-feira, no Cemitério Camilópolis, em Santo André, São Paulo.

+ Já curtiu nossa página no Facebook? É só clicar!

Tudo aconteceu por volta das 5h30, no cruzamento das avenidas João Pessoa com Sapopemba, no bairro Utinga, em Santo André. Toni estava esperando para pegar a carona de um amigo para ir ao trabalho e foi confundido com um suspeito de roubar uma moto. Tudo foi registrado por câmeras de segurança de lojas da região. O PM Eduardo Pontes de Lima, responsável pelo tiro, está preso.

Toni ex-jogador Operário
Toni, calção número 8, tinha em seu Facebook foto de quando enfrentou o Palmeiras (Reprodução/Facebook)

Toni jogou entre 2000 e 2005 como meia-direita do Operário, time do Mato Grosso. Inclusive, em sua página no Facebook, o ex-jogador tinha como foto de capa uma foto de uma partida contra o Palmeiras, em que ele aparecia marcando o meia Pedrinho.

Depois que largou o futebol profissional, Toni dividia o tempo trabalhando como auxiliar de almoxarifado e também defendia times de várzea e futebol de salão amadores do ABC paulista e da zona leste de São Paulo.