Messi
LANCE!
11/01/2016
16:56
Zurique (SUI)

O homem com mais Bolas de Ouro no planeta ampliou a coleção nesta segunda-feira, na sede da Fifa, em Zurique (SUI), deixando bem para trás nomes do quilate de Zidane, Platini, Ronaldo Fenômeno, Van Basten e Cruyff. Como era esperado, o favorito Messi superou Neymar e Cristiano Ronaldo, levando o troféu de melhor jogador do mundo de 2015, o quinto na carreira. O craque recebeu o prêmio das mãos do meia Kaká, número 1 em 2007 e último brasileiro coroado pela entidade máxima do futebol.

O hermano obteve 41,33% dos votos. Cristiano Ronaldo foi o segundo colocado, com 27,76%. Pela primeira vez entre os finalistas, Neymar ficou em terceiro, com 7,86%.

Nas primeiras palavras como 'pentacampeão' da Bola de Ouro, o atacante foi bem sucinto no discurso.

- Especial voltar aqui e vencer. É incrível que seja o quinto. Era o que sonhava quando era pequeno. Agradeço a todos os meus companheiros, a todos que votaram. E ao futebol, que me permitiu crescer e aprender. Nada mais. Boa noite.

CONFIRA IMAGENS DA CARREIRA DE MESSI 

Vencedor em 2009, 2010, 2011 e 2012, Messi recuperou o trono após ver o arquirrival Cristiano Ronaldo ficar com as Bolas de Ouro nos dois últimos anos (2013 e 2014). No ano passado, no entanto, o gajo não conseguiu levar o Real Madrid a nenhum título, ao passo que, ao lado de Neymar, o camisa 10 foi decisivo para o Barcelona a abocanhar o Campeonato Espanhol, Copa do Rei, Liga dos Campeões da Europa, Supercopa da Europa e Mundial de Clubes.

GALERIA DE FOTOS:
>Veja as melhores imagens da premiação

Individualmente, Messi anotou menos gols do que o português (52 a 57), entretanto, ficou fora dos gramados por dois meses devido a uma contusão no joelho esquerdo. Já Neymar balançou redes 45 vezes. Curiosamente, os três dividiram a artilharia da última Liga dos Campeões da Europa.

Com Messi de volta ao topo, o futebol espanhol (leia-se Barcelona e Real Madrid) aumenta para 13 Bolas de Ouro nas 15 edições deste século, um domínio absoluto e inquestionável.