Brasil x Inglaterra - Mundial sub-17

É ganhar ou ir para a casa! Brasil e Inglaterra medem forças nesta quarta-feira (Foto: Montagem / LANCE!)

LANCE!
24/10/2017
13:21
Calcutá (IND)

Se depender de torcida e superstição quanto a local, o Brasil chega para a semifinal do Mundial sub-17 muito bem, obrigado. Nesta quarta-feira, a Seleção Brasileira voltará a atuar no Estádio Vivekananda Yuba Bharati Krirangan, em Calcutá (IND), onde derrotou a Alemanha pelas quartas diante de 66 mil torcedores. Agora, o próximo compromisso será contra a Inglaterra, às 9h30 (de Brasília). 

O último passo antes da decisão seria realizado em Guwahati, mas o local foi alterado por conta da péssima condição do gramado local, afetado por uma forte chuva. Focada apenas nos ingleses, a equipe de Carlos Amadeu chega após incrível virada, com gols marcados por Paulinho e Weverson.

Titular no início da campanha, o lateral-esquerdo do São Paulo começou o confronto contra a Alemanha no banco, dando lugar a Luan Candido, do Palmeiras. Candido não foi bem, falhou no gol alemão e foi substituído por Weverson, que voltará a ser titular do Brasil. Com isso, o time a entrar em campo deve ser: Gabriel Brazão; Wesley, Vitão, Lucas Halter e Weverson; Victor Bobsin, Marcos Antônio e Alanzinho; Brenner, Lincoln e Paulinho.

Convocação seleção - Edu Gaspar
Coordenador da Seleção, Edu Gaspar acompanhará a partida desta quarta de forma presencial (Foto: Daniel Vorley/AGIF/Lancepress!)

Arquiteto da Seleção, o camisa 10, Alanzinho, também do Palmeiras, comentou sobre a inédita experiência de atuar em um estádio lotado, o que se repetirá neste dia 25. 

- Foi inédito isso para mim. Estava lindo de ver o estádio cheio desse jeito. Certamente é um combustível a mais para nós em termos de motivação - disse.

Já o treinador Carlos Amadeu, em entrevista concedida à "CBF TV", destacou a maturidade de seus comandados, adquirida ao longo do torneio e acentuada após o 2 a 1 sobre a Alemanha. A Inglaterra, cabe destacar, vem de goleada (4 a 1) sobre sobre os Estados Unidos.

- Cada dia que passa temos assistidos mais times na base com foco em jogar futebol, propor jogo. Temos que ser competitivos e estar compactados, como pede o futebol atual. Precisamos focar em estar leve e jogar o jogo. E isso tem ocorrido. A cada dia que passa meus jogadores amadurecem - falou Amadeu.

A OUTRA SEMIFINAL

Quarta-feira (25/10)
12h30 - Mali x Espanha