RADAR / LANCE!
29/09/2016
12:18
Rio de Janeiro (RJ)

A maneira como o Flamengo corre o risco de encarar sua eliminação na Copa Sul-Americana causou controvérsias até mesmo entre ídolos do clube. No dia seguinte à derrota por 2 a 1 para o Palestino (CHI), pelas oitavas de final, foi vista tanto pelo viés de foco no Brasileirão quanto do fim da chance de comemorar duas vezes na temporada.

Tricampeão carioca e campeão brasileiro de 1980, Júlio César Uri Gheller minimizou a saída de cena da equipe de Zé Ricardo no torneio, e exaltou:

- O foco do Flamengo agora estará completo no Brasileirão. A equipe tem se esforçado muito, e já mostrou que tem todas as condições para disputar o título. Não será esta eliminação da Copa Sul-Americana que afetará o grupo - disse, ao LANCE!.

Multicampeão pelo Rubro-Negro, Rondinelli questionou a postura de lançar uma equipe alternativa para o duelo na Copa Sul-Americana:

- Para quem tinha discurso de ganhar todos os campeonatos, a atitude do Flamengo decepcionou muito. Não vejo a opção de poupar jogadores a não ser que eles estejam machucados. Era hora de contar com jogadores decisivos, que estavam indo bem no Brasileirão, para a equipe continuar a sonhar com mais um título.