Atlético-MG x Ceará

Joao Guilherme/Raw Image

LANCE!
13/06/2018
23:48
Belo Horizonte (MG)

Diante da massa atleticana, o Atlético-MG confirmou o favoritismo no duelo de alvinegros contra o Ceará e manteve a vice-liderança do Campeonato Brasileiro com vitória por 2 a 1. Apesar do resultado, a partida foi equilibrada durante praticamente todo o tempo regulamentar. Os gols começaram a ser marcados apenas aos 32 minutos do segundo tempo e foi o Ceará quem abriu o placar com tento de Naldo.

Dois minutos depois, Róger Guedes deixou tudo igual e confirmou a artilharia do Campeonato Brasileiro no que pode ter sido o seu último jogo com a camisa alvinegra. Luan fechou a vitória. O resultado mantém o Atlético-MG em segundo lugar, com 23 pontos. Já o Ceará, se afundou ainda mais na zona de rebaixamento e segue com os mesmos seis pontos.

Início equilibrado
Em casa, o Atlético-MG estava a vontade diante da torcida e conseguiu bom domínio da bola nos minutos iniciais. Com jogadas velozes, a equipe mineira não encontrou dificuldade para discorrer pelo campo, mas não teve a mesma produtividade na hora de finalizar diante da defesa fechada do Ceará. A melhor chance atleticana na etapa foi modesta: Cazares saiu em contra-ataque e cruzou para Gustavo Blanco, mas o meia pegou mal na bola e mandou por cima do gol.

Perigo em contra-ataque cearense
Lanterna do Campeonato Brasileiro, o Ceará se mostrou um adversário difícil. Apesar da pontualidade nas saídas de Róger Guedes, Gustavo Blanco e Cazares, os comandados de Lisca encontraram brechas nos erros de passes do Atlético-MG e ficaram perto de abrir o placar para o Vozão, quando Éder Luís arrancou com a bola e lançou para Samuel Xavier, que chutou no cantinho de Victor e tirou tinta da trave. No final do primeiro tempo, o rendimento do Galo caiu, mas o Ceará não voltou a oferecer perigo.

Atlético-MG se arrisca no segundo tempo
Em busca da vitória para recuperar a vice-liderança em um confronto truncado, o Atlético-MG voltou a criar jogadas em cima dos erros do Ceará. No primeiro, Ricardo Oliveira carimbou o chute, mas Éverson salvou. A bola ainda passou pelos pés de Guedes, Blanco e Patrick em lances sequenciais durante disputa na grande área, mas nada mudou. Já na etapa final do segundo tempo, o Ceará se estabilizou na partida e criou novas jogadas de ataque.

Chuva de gols na reta final
Eder Luís foi o primeiro a arriscar ao tirar a bola de Victor e tentar o chute, mas a zaga mineira salvou. De olho na movimentação, João Lucas cruzou na grande área e Naldo recebeu com maestria para colocar no fundo das redes, aos 32 minutos. O Atlético correu atrás do prejuízo e partiu em contra-ataque, chegando à entrada da área, onde Elias tocou para Róger Guedes, que dominou a bola e carimbou o empate, aos 35 minutos. Quando o resultado parecia estar definido, Luan garantiu a vitória atleticana, fechando o placar aos 46 minutos.

Próximos compromissos
O Campeonato Brasileiro terá uma pausa para a Copa do Mundo, mas na volta, o Atlético-MG tem um importante confronto com o Grêmio por posição na parte de cima da tabela. Em Porto Alegre, as equipes entram em campo no dia 18 de julho, às 21h45. Também pela 13ª rodada, o Ceará retoma sua luta pela saída da zona de rebaixamento no mesmo dia, com o duelo contra o Sport, que acontece às 19h30, no Castelão.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 2 x 1 CEARÁ
Local:
Independência, Belo Horizonte
Data-Hora: 13/6/2018 - 21h45
Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Auxiliares: Alex Ang Ribeiro (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Cartões amarelos: Fábio Santos
Cartões vermelhos: -
Gols: Naldo (32'/2ºT)(0-1), Róger Guedes (34'/2ºT)(1-1) e Luan (46'/2ºT)(2-1)

ATLÉTICO-MG: Victor; Patric; Gabriel, Bremer; Fábio Santos; Adilson (Yago, aos 22'/2ºT), Gustavo Blanco (Elias, aos 19'/2ºT), Cazares (Luan, aos 9'/2ºT); Róger Guedes, Ricardo Oliveira e Thiago Andrade. Técnico: Thiago Larghi.

CEARÁ: Everson; Naldo, Eder Luis, Ricardinho, Felipe Azevedo (Romário, 2ºT), Luiz Otávio, Samuel Xavier (Douglas Coutinho, aos 37'/2ºT), Pio (Arnaldo, aos 19'/2ºT), Rafael Pereira, Tiago Alves, João Lucas. Técnico: Lisca.