Fellipe Lucena
21/05/2016
18:02
Campinas (SP)

A Ponte Preta recolocou os pés dos palmeirenses mais entusiasmados no chão. Com bom futebol e dois gols de Felipe Azevedo, a equipe de Campinas fez 2 a 1 no Moisés Lucarelli neste sábado, viu sua torcida provocar com gritos de "Guarani da capital" e chegou aos quatro pontos em duas rodadas do Brasileirão. O Verdão de Cuca, expulso por reclamação no fim do jogo, segue com os três pontos que conquistou na animadora goleada da semana passada, contra o Atlético-PR.

Mas quase tudo que deu certo contra o Furacão deu errado diante da Macaca. A movimentação constante de Tchê Tchê no meio de campo não fez do Palmeiras um time mais forte ofensivamente e ainda sobrecarregou Matheus Sales, em má jornada.

Foi um outro volante chamado Matheus quem colocou o jogo no bolso. O equilíbrio inicial, que proporcionou uma grande defesa de Fernando Prass e duas intervenções incríveis de João Carlos, foi dando lugar a um domínio consistente do time de Eduardo Baptista na medida em que o jovem Matheus Jesus se fazia notar.

Os gols de Felipe Azevedo colocaram a Macaca em situação confortável ainda no primeiro tempo. O meia marcou o primeiro de cabeça, escorando uma cobrança de falta de Ravanelli, e o segundo completando um cruzamento rasteiro de Reinaldo após jogada iniciada por... Matheus Jesus. Foi um dos inúmeros lances em que Felipe explorou muito bem as costas de Egídio.

O resultado mudou a postura das duas equipes depois do intervalo. Cuca ousou: voltou para o segundo tempo com Rafael Marques no lugar do desaparecido Alecsandro e Dudu na vaga de Matheus Sales, deixando Tchê Tchê como atleta mais recuado do meio. A ideia era que Cleiton Xavier voltasse para começar o jogo, com Dudu como armador, o que durou só 16 minutos. Foi quando Moisés entrou na vaga de Róger Guedes, Dudu foi para o lado, Tchê Tchê virou ala e Jean passou a ser volante.

Ponte Preta x Palmeiras
Jogadores da Ponte comemoram  (Foto: Mauro Horita/Lancepress!)

O quebra-cabeças do técnico palmeirense gerou esmagadora posse de bola para os visitantes, o que não se converteu em muitas oportunidades. Aos 39 minutos, Gabriel Jesus marcou, mas o auxiliar Daniel Paulo Ziolli assinalou erradamente impedimento do atacante, pois a bola foi desviada de cabeça para o jogador pelo ponte-pretano Douglas Grolli. O goleiro João Carlos também teve parcela importante de responsabilidade no triunfo do time da casa ao fazer bela defesa em tiro de Cleiton Xavier.  Um chutaço de Cristian nos minutos finais poderia fechar a partida com chave de ouro para a Macaca, mas o travessão impediu e ainda houve tempo para Moisés anotar o gol de honra do Verdão, completando rebote do goleiro.  Assim, a invencibilidade de Cuca no Verdão caiu por terra. 

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 2 X 1 PALMEIRAS
Local: Estádio Moisés Lucarelli, Campinas(SP)
Data-Hora: 21/5/2016 - 16h
Árbitro: Leandro Vuaden (RS)
Auxiliares: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Ricardo Pavanelli Lanutto (SP)
Público/renda: 7.061/R$ 233.200,00
Cartões amarelos: Wellington Paulista, Matheus Jesus e Thiago Galhardo (PON), Matheus Sales, Tchê Tchê, Thiago Martins e Gabriel Jesus (PAL)
Cartões vermelhos:
Gols: Felipe Azevedo (23'/1ºT) (1-0), Felipe Azevedo (32'/1ºT) (2-0) e Moisés (45'/2ºT) (2-1)

PONTE PRETA: João Carlos; Jeferson, Douglas Grolli, Kadu e Reinaldo; Matheus Jesus (Tiago Alves, aos 33'/2ºT), João Vitor, Ravanelli (Cristian, aos 24'/2ºT) e Clayson (Thiago Galhardo, aos 27'/2ºT); Felipe Azevedo e Wellington Paulista. Técnico: Eduardo Baptista.

PALMEIRAS: Fernando Prass; Tchê Tchê, Thiago Martins, Vitor Hugo e Egídio; Matheus Sales (Dudu, no intervalo), Jean e Cleiton Xavier; Gabriel Jesus, Róger Guedes (Moisés, aos 17'/2ºT) e Alecsandro (Rafael Marques, no intervalo). Técnico: Cuca.