Bruno Cassucci
17/09/2016
18:02
São Paulo (SP)

Se o Dérbi é um campeonato à parte para corintianos e palmeirenses, o torcedor alviverde pode terminar o Brasileirão com três títulos. Dois já estão garantidos, e o principal fica cada vez mais próximo. Assim como havia sido no primeiro turno, no Allianz Parque, o Verdão foi melhor que o rival em Itaquera, neste sábado, pela 26ª rodada, e venceu por 2 a 0, chegando a dez partidas seguidas sem derrotas.

Moisés, um dos melhores do campeonato, abriu o placar logo no início do clássico, e Mina ampliou no segundo tempo, mantendo a sina de sempre balançar as redes em clássicos.


Para deixar o fim de semana ainda mais especial, o Palmeiras secará o Flamengo, segundo colocado, com quatro pontos atrás, que enfrenta o Figueirense neste domingo. Já o Corinthians, que não bate o rival desde o Paulistão do ano passado, segue fora do G4 e corre o risco de ver o pelotão da frente se distanciar com o complemento da rodada.

Os 10 pontos que separam os rivais na tabela de classificação do Brasileiro pareceram até poucos no clássico na Arena, tamanha superioridade do Palmeiras, que não sofreu um chute sequer em seu gol na primeira etapa.

Em desvantagem desde os 4 minutos, o Timão tinha muitas dificuldades na armação. O Verdão anulava Rodriguinho, marcado de perto por Gabriel, e fechava os lados do campo, deixando a saída alvinegra sob responsabilidade de Cristian, que não dava conta do recado.

Parte da Fiel torcida não queria nem saber que Fagner, Uendel, Giovanni Augusto, Guilherme e outros importantes jogadores desfalcavam o Corinthians, e xingou a diretoria, vaiou os jogadores e protestou contra o técnico Cristóvão Borges já ao fim do primeiro tempo.

O comandante alvinegro colocou Romero no intervalo e Marquinhos Gabriel logo no início da etapa final. O Timão melhorou, mas ainda era o Palmeiras que tinha as melhores chances. Edu Dracena e Mina desperdiçaram chances, mas o resto de esperança dos corintianos acabou com a expulsão de Léo Príncipe, aos 30. Na sequência, o zagueiro colombiano fez o segundo do Verdão e sacramentou o resultado.

Ainda faltam 12 rodadas para o Palmeiras acabar com a espera de 22 anos e voltar a ganhar o Brasileiro. Mas, ao menos, os "títulos" do Dérbi já estão garantidos. E valem muito!

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 0 X 2 PALMEIRAS
Local: Arena Corinthians, São Paulo (SP)
Data-Hora: 17/9/2016 - 16h
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-SC)
Auxiliares: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Carlos Berkembrock (SC)
Público/renda: 39.879 pagantes/R$ 2.344.829,00
Cartões amarelos: Balbuena (COR), Thiago Santos, Moisés, Gabriel, Leandro Pereira (PAL)
Cartões vermelhos: Léo Príncipe (30'/2ºT)
Gols: Moisés (4'/1ºT) (0-1), Mina (31'/2ºT) (0-2)

CORINTHIANS: Cássio; Léo Príncipe, Vilson, Balbuena e Guilherme Arana; Cristian (Marquinhos Gabriel, aos 15'/2ºT); Marlone, Camacho, Rodriguinho e Lucca (Romero, no intervalo); Gustavo. Técnico: Cristóvão Borges.

PALMEIRAS: Jailson; Jean, Mina, Edu Dracena e Egídio; Gabriel (Thiago Santos, no intervalo), Tchê Tchê e Moisés; Dudu (Rafael Marques, aos 25'/2ºT), Erik e Leandro Pereira (Róger Guedes, aos 34'/2ºT). Técnico: Cuca.