Thiago Ferri
21/06/2016
23:26
São Paulo (SP)

Se o Barcelona já estava de olho em Gabriel Jesus, nesta terça o clube catalão pôde ver de perto do que o atacante do Palmeiras é capaz. Em outra boa atuação alviverde, o camisa 33 foi o líder na tranquila vitória sobre o América-MG por 2 a 0, que manteve o time na ponta do Brasileiro. Nas cadeiras do Allianz Parque estava um ilustre espectador: Raul Sanllehí, diretor de futebol do Barça, que assistiu a tudo de bem perto.

O dirigente está no Brasil para cuidar da renovação de Neymar e aproveitou para ver o garoto, sensação palmeirense em 2016. Nesta noite, Jesus foi oportunista, deu rolinho, driblou... dominou, assim como o Verdão. O time de Cuca, diferentemente da equipe de 2015, vem mostrando que não dá chance para o azar contra times piores. Foi assim contra o Santa Cruz, sábado, foi assim contra o América-MG.

De novo com um time ofensivo, Tchê Tchê e Moisés organizaram o meio, Cleiton Xavier deu o ritmo, enquanto Dudu e, principalmente, Róger Guedes infernizaram pelos lados. Foi da linha de fundo que o atacante ex-Criciúma começou as jogada dos dois gols de Gabriel Jesus, ainda no primeiro tempo.

O América-MG, do português Sérgio Vieira, não foi um time bagunçado, apenas pecou pela falta de qualidade. Os mineiros ainda levaram o terceiro gol de Gabriel Jesus, após jogada espetacular de Guedes, mas o atacante estava impedido.

A vantagem da primeira etapa, então, sustentou-se até o fim. O Verdão chegou aos 22 pontos e igualou seu melhor início de Brasileiro no século. O Coelho, com oito pontos, é o lanterna após dez partidas.

Sanllehí viu Róger Guedes chamar a atenção, mas com certeza também gostou muito do que fez Gabriel Jesus. Embora o Verdão ainda não tenha recebido proposta e não pense em perder atletas até dezembro, a partir de agora o assédio vai só aumentar. Depois de ontem, o Barça topa pagar 24 milhões de euros?

PALMEIRAS 2 X 0 AMÉRICA-MG
Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)
Data-Hora: 21/6/2016 - 21h30
Árbitro: Péricles Bassols (FIFA-PE)
Auxiliares: Clóvis Amaral da Silva (PE) e Cleberson do Nascimento Leite (PE)
Público/renda: 27.429 pagantes/R$ 1.543.520,80
Cartões amarelos:  Artur (AME)
Cartões vermelhos: -
Gols: Gabriel Jesus (18'/1ºT) (1-0), Gabriel Jesus (26'/1ºT) (2-0)

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean (Fabiano, no intervalo), Edu Dracena, Vitor Hugo e Egídio (Zé Roberto, aos 25'/2ºT); Tchê Tchê, Moisés e Cleiton Xavier (Vitinho, aos 32'/2ºT); Róger Guedes, Dudu e Gabriel Jesus. Técnico: Cuca.

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Helder, Artur, Adalberto e Danilo Barcelos (Bruno Sávio, aos 29'/2ºT); Juninho, Leandro Guerreiro, Ernandes e Eduardo (Victor Rangel, aos 38'/1ºT); Osman e Borges (Alan Mineiro, aos 38'/2ºT). Técnico: Sérgio Vieira.