Thiago Ferri
24/07/2016
13:01
São Paulo (SP)

O Palmeiras desperdiçou a chance de abrir cinco pontos de vantagem na liderança, chegar a 500 vitórias no Brasileiro e ao seu centésimo gol no Allianz Parque. Contra o ex-técnico Marcelo Oliveira, o Verdão perdeu para o Atlético-MG por 1 a 0 e encerrou sua invencibilidade como mandante. Apesar do tropeço na arena, o time segue na ponta do Brasileiro, enquanto o Galo, que neste domingo comemora três anos do seu título na Libertadores, aproximou-se do G4 depois de 16 rodadas.

Com quase 40 mil pessoas nas arquibancadas nesta manhã e comemorando os 65 anos da conquista da Copa Rio, o Palmeiras não conseguiu colocar a pressão que se acostumou em casa. Para isso, Marcelo escalou sua equipe com três volantes, enquanto Cuca preferiu usar um ataque rápido, sem centroavante.


A posse de bola do Verdão foi sempre maior, mas os mineiros criaram a melhor oportunidade do primeiro tempo, com Robinho. Em um erro na saída de bola, o camisa 7 do Galo bateu de fora da área e Vagner, que fez sua estreia no gol alviverde, espalmou bem no canto direito.  Do outro lado, a grande oportunidade palmeirense saiu dos pés de Erik, que dividiu com Victor após bom passe de Cleiton Xavier.

O gol do jogo veio no segundo tempo, depois de jogada bem trabalhada pelos mineiros: toques rápidos entre Fábio Santos, Fred e Robinho, até o camisa 7 fazer o passe para Leandro Donizete que, dentro da área, tocou na saída de Vagner. 

Após 60 minutos sem jogar com uma referência e abusando de cruzamentos improdutivos (foram 24 errados e só um certo), Cuca colocou Barrios e Alecsandro. Nada de diferente aconteceu. O Verdão seguiu rondando a área do Galo, só que sem criar perigo. No último lance, Vagner até foi para a área, mas o Palmeiras desperdiçou outro cruzamento - a bola não chegou nem perto do camisa 25.

Fim da invencibilidade do Palmeiras e de Cuca como mandante (sete vitórias, um empate e uma derrota no Brasileiro, e oito vitórias, um empate e uma derrota com o técnico na arena). Além disso, o jejum contra o Atlético-MG segue: são nove vitórias dos mineiros e um empate nos últimos cinco anos. Ainda com 32 pontos, o time tem dois de vantagem para o Corinthians, que empatou com o Figueirense em casa. O Galo, por sua vez, chegou aos 26 pontos e está em quinto lugar.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 0 X 1 ATLÉTICO-MG
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)
Cartões amarelos: Tchê Tchê (PAL), Carlos César e Rafael Carioca (ATL)
Público e renda: 39.400 pagantes / 2.935.305,48
Gol: Leandro Donizete 15' do 2º

PALMEIRAS: Vágner, Jean, Edu Dracena, Victor Hugo, Zé Roberto, Thiago Santos (Matheus Sales 14' 2ºT), Tchê Tchê, Cleiton Xavier (Lucas Barrios 17' 2ºT), Roger Guedes, Dudu e Erik (Alecsandro 24' 2ºT) Técnico: Cuca.

ATLÉTICO-MG: Victor, Carlos César, Leonardo Silva, Erazo, Fábio Santos, Rafael Carioca, Leandro Donizette (Yago 36' 2ºT), Maicosuel (Luan 23' 2ºT), Robinho, Fred (Lucas Pratto 26' 2ºT) Técnico: Marcelo Oliveira.