LANCE!
03/10/2017
17:45
São Paulo (SP)

Depois de receber dois dias de folga, o elenco do Palmeiras se reapresentou nesta terça-feira para atividades físicas. Todos os jogadores de linha, além de Pedrão (zagueiro do sub-20) e Maílton (lateral do sub-20), trabalharam sob o comando do preparador Omar Feitosa no gramado e na caixa de areia, enquanto os goleiros fizeram trabalhos na parte interna da Academia de Futebol. Mina, que está em transição depois de sofrer uma fratura no pé dia 9 de agosto, esteve com o grupo e foi um dos destaques.

O zagueiro brincou bastante, inclusive derrubando Guerra e Borja na areia, ou fazendo graça nos intervalos dos circuitos. A primeira previsão era de que ele ficasse entre dois ou três meses fora; é provável que ele fique mais perto do tempo mínimo para retornar. Durante esse período ausente, o camisa 26 chegou a viajar para a Alemanha, na sede da Adidas, onde fez a fôrma de seu pé para ter uma chuteira especial - seu pé é considerado mais largo do que o comum, e isto lhe causa dores em calçados novos.

Além de Mina, Felipe Melo, Arouca e Michel Bastos - os dois últimos estavam em transição na última semana -, também treinaram com o elenco. Cuca apenas assistiu à atividade. O técnico, que disse ao LANCE! ter a intenção de cumprir seu contrato até o fim de 2018, primeiro teve uma conversa com o auxiliar Alberto Valentim, e depois com o gerente Cícero Souza. Os dois saíram da caixa de areia abraçados, trocando ideias.

Este é apenas o início dos trabalhos neste intervalo do Brasileiro por conta da disputa das Eliminatórias. O Palmeiras volta a jogar apenas no dia 12 de outubro, contra o Bahia, no Pacaembu, pela 27ª rodada do campeonato nacional. Com 43 pontos, o time está em quarto lugar, a 12 pontos do Corinthians. Nesta sexta, haverá um jogo-treino contra o Desportivo Brasil sub-20, atividade em que Jailson e Felipe Melo devem participar.