Jackeline Figueiredo é fisioterapeuta de diversos astros do UFC

                  Jackeline Figueiredo é fisioterapeuta de diversos astros do UFC (FOTO: Arquivo Pessoal)

Luis Fernando Coutinho
20/10/2016
11:36
Rio de Janeiro (RJ)

Um dos problemas que mais atormentam lutadores de MMA atualmente são as temidas lesões. Em uma modalidade onde o lucro muitas vezes se resume aos momentos em que o atleta apresenta sua performance, seja no ringue, no octógono ou no cage, se machucar durante um treino representa atrasar o recebimento de um salário. Mas uma solução para ao menos prevenir tais cancelamentos já existe e é conhecida como "Fisioteg".

Desenvolvido pela fisioterapeuta Jackeline Figueiredo, o tratamento busca acelerar a recuperação de um atleta lesionado e ao mesmo tempo permitir que ele continue fazendo exercícios mesmo em fase de recuperação.

Depois de começar a carreira no futebol, Jackeline começou a trabalhar com atletas jiu-jitsu e MMA, mais especificamente com a Família Gracie, em 1998. Ela conheceu a dificuldade de lutadores para recuperarem uma lesão e encontrou uma forma de ajudá-los.

- Percebi que a maior dificuldade é que todo atleta tem de continuar fazendo atividade mesmo machucado. Na luta, por serem atletas muito fortes, muitos acabavam passando por cima das lesões e isso acabava piorando. Começamos a fazer um trabalho com Fisioteg. Nós isolamos a lesão e assim conseguimos manter exercícios mesmo pesados. Pude desenvolver um trabalho em cima da hérnia de disco na época que comecei. Atletas ficavam quase um ano parado. Muitos médicos até os orientavam a parar de lutar. Mas c de cabeça, estudei e viajei muito para entender essa mecânica da lesão. Assim fui elaborando o Fisioteg durante 16 anos. Incorporamos muito exercício no qual era possível fazer esse trabalho forte com atletas se isolarmos a lesão. Nós não perdemos lutas, é trabalho, tempo e dinheiro jogado fora. Esse é um tratamento de recuperação acelerada - explicou a fisioterapeuta, em conversa pelo telefone com o LANCE!

Isolar a lesão significa trabalhar membros e músculos que não foram afetados. É possível exercitar o corpo deixando o membro machucado intacto e inativo. Esse é o trabalho feito por Jackeline Figueiredo.

- Se o lutador lesionou o joelho, sabemos que não podemos logo mexer o joelho, mas podemos trabalhar o restante do corpo, usar a outa perna, a panturrilha, podemos fazer abdominal e por aí vai. Deixamos a articulação ou músculo afetado em repouso, mas continuamos ativando as outras partes do corpo. Se você souber a mecânica da lesão, fica mais fácil fazer um exercício que não incomoda - garantiu.

Confira um bate-papo com a fisioterapeuta Jackeline Figueiredo:

Que tipo de melhorias esse tratamento oferece?
Começamos a otimizar o tempo dos atletas. Eles passavam a manhã toda na fisioterapia, e isso afastava eles do treino. O exercício bem feito e escolhido acelera a recuperação. Algumas vezes o atleta tinha uma lesão de ligamento cruzado de joelho, ou até estiramento, que é mais doloroso. A gente preserva o ligamento, mas consegue fazer trabalho de agachamento, entre outras coisas.

Quais os tipos de resultados que se pode esperar com a FisioTeg?
Quando se fica mais de dez dias parado, você acaba perdendo massa muscular, e isso é ruim para o atleta. Temos que manter eles o tempo todo na atividade. Trabalhamos com o Rafael dos Anjos e o Ronaldo Jacaré, por exemplo, e eles respondem muito bem. Em uma ou duas sessões muitas vezes já liberamos o atleta para voltar aos treinos.

Quais passos que devem ser seguidos para a melhor execução do tratamento? O primeiro passo é fazer uma boa avaliação, começar o tratamento um pouco antes, elaborar o protocolo e iniciar. É o que tenho feito nos últimos 16 anos. Hoje em dia, não atendo só atletas. O fisio tag possibilitou que muito paciente voltasse para as atividades. É um trabalho de recuperação acelerada, e isso que importa para o atleta. Nosso trabalho sempre foi que as lutas não caíssem. Eles tem oito semanas de preparação. Nas duas, três primeiras, é muito difícil. Eles aumentam muito a intensidade e as lesões aparecem. Por serem muito fortes, quando a lesão já está instalada, a lesão é mais séria, mas muitas vezes dá para recuperar depois da luta. Normalmente eles sabem até onde podem ir, eles conhecem o corpo deles. É importante que os atletas saibam que esse tipo de tratamento existe.