Thiago Ferri
13/06/2018
23:05
São Paulo (SP)

Com uma briga generalizada entre jogadores no fim do jogo e seis expulsões, Palmeiras e Flamengo empataram em 1 a 1 no Allianz Parque. Este foi o último jogo dos dois times no Campeonato Brasileiro antes da pausa para a Copa do Mundo.

A confusão foi iniciada entre Cuéllar e Dudu, já nos acréscimos, e fez com que o Palmeiras terminasse com Moisés no gol, pois até Jailson acabou expulso. Três jogadores de cada time (dois em campo e um reserva) levaram o vermelho.

Embora tenha encerrado uma sequência de cinco vitórias seguidas, o resultado favorece o Flamengo, visitante e líder do campeonato com 27 pontos após 12 rodadas.

O Verdão, por sua vez, teve bons inícios em cada um dos tempos, mas não conseguiu definir o jogo nas chances que teve. A equipe de Roger Machado não perde há quatro jogos, só que os últimos dois foram empates após abrir o placar. Com 19 pontos, o time está fora do G4, a oito do Flamengo.

Bigode decisivo – de novo
A fase de Willian é especial. Mais uma vez, o atacante foi o jogador mais perigoso do Palmeiras e nos primeiros cinco minutos teve duas ótimas chances. Na primeira, cabeceou para bela defesa de Diego Alves; depois, teve pouco trabalho para completar o desvio de Bruno Henrique e, no pé da trave, abrir o placar. Sétimo gol dele no Brasileiro, o 13º no ano, já próximo de Borja, o goleador alviverde em 2018, com 15.

Verdão abafa; Fla sabe sofrer
Depois da pressão sofrida no início, o Flamengo conseguiu jogar e terminou a primeira etapa bem, inclusive criando chances perigosas, com Éverton Ribeiro, por exemplo. O enredo após o intervalo se repetiu: o Palmeiras teve duas chances para ampliar, com Willian e Edu Dracena, mas Diego Alves se destacou de novo. O abafa, assim, foi diminuindo.

Crias da Gávea em alta

Na noite que deve ter significado as despedidas de Felipe Vizeu (este já certo, rumo à Udinese) e Vinicius Junior (que pode se apresentar no Real após a Copa), foi outra revelação quem resolveu para o líder: o zagueiro Thuler, de 19 anos, aproveitou escanteio dado por Victor Luis para subir atrás de Thiago Martins e empatar. A virada quase veio com Vizeu e Vinicius, mas o primeiro parou em Jailson, e o segundo teve o gol evitado pelo próprio Thiago Martins.

Briga no fim do jogo
Quando o Palmeiras pressionava para achar o gol da vitória, o tempo fechou: Cuéllar, que havia entrado um pouco antes, fez uma falta dura em Dudu. Já irritado, o atacante empurrou o volante, dando início a uma confusão generalizada. Os dois que iniciaram a discussão acabaram expulsos, assim como Jonas, Jailson, Henrique Dourado e Luan, do Palmeiras – os dois últimos estavam no banco. Moisés foi para o gol, pois o Verdão já tinha feito três mudanças, e o árbitro Bráulio da Silva Machado não quis dor de cabeça: encerrou o jogo logo depois, com pouco mais de um minuto de acréscimo (havia quase cinco a serem jogados ainda).

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 1 x 1 FLAMENGO

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data-Hora: 13/6/2018 - 21h (de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil e Neuza Ines Back (ambos de SC)
Público/renda: 36.882/R$ 2.598.847,44
Cartões amarelos: Moisés, Felipe Melo, Victor Luis, Marcos Rocha (PAL); Éverton Ribeiro, Rodinei, Felipe Vizeu, Diego Alves, Vinicius Junior (FLA)
Cartões vermelhos: Jailson, Dudu e Luan (PAL); Jonas, Cuéllar e Henrique Dourado (FLA)
Gols: Willian (5'/1ºT) (1-0); Thuler (9'/2ºT) (1-1)

PALMEIRAS: Jailson; Marcos Rocha, Edu Dracena, Thiago Martins e Victor Luis; Felipe Melo (Artur - 28'/2ºT), Bruno Henrique e Moisés; Hyoran (Lucas Lima - 13'/2ºT), Dudu e Willian (Papagaio - 39'/2ºT). Técnico: Roger Machado

FLAMENGO: Diego Alves; Rodinei, Leo Duarte, Thuler e Renê; Cuéllar, Jean Lucas (Willian Arão - 26'/2ºT) e Paquetá; Éverton Ribeiro (Jonas - 42'/2ºT), Vinícius Jr e Felipe Vizeu (Marlos - 39'/2ºT). Técnico: Maurício Barbieri