David Nascimento e Vinicius Britto
25/11/2016
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

O casamento é marcante na vida de qualquer casal. Até então nada de anormal. Mas o dia deste sábado será diferente para o professor de geografia Rodrigo Magalhães, de 27 anos. Torcedor fanático do Vasco, ele irá se casar com a enfermeira Nel Catharino, também de 27 anos, simultaneamente ao jogo de vida ou morte diante do Ceará, neste sábado, às 17h30, que selará ou não o retorno à elite.

Na véspera da decisão, disputada no Maracanã, o LANCE! falou com o casal. Amigos de infância, se separaram quando as famílias se mudaram há 16 anos e se reencontraram em 2009, na primeira participação do Vasco na Série B do Brasileiro. O noivado saiu apenas no ano passado e Rodrigo confessa que não esperava a coicidência:

– Quando marcamos o nosso casamento, não esperávamos que o Vasco estaria nessa situação justamente no dia que vamos ao altar. A ficha caiu somente após a derrota para o Criciúma. O dia que você se casa é marcante por si só para qualquer um, mas será muito mais para a gente caso o Vasco não suba.

Dentro de campo, o casamento com o Vasco não está dos mais agradáveis nos últimos anos, mas não terá um divórcio por conta do amor ser maior. Entre o casal, a partir deste sábado, a união tende a ficar também cada vez mais forte. Um final feliz é prometido e torcida não faltará de todos os vascaínos.

Até ponto eletrônico cogitado como estratégia

Por se casar de maneira simultânea ao jogo do Vasco neste sábado e ser um torcedor fanático, Rodrigo Magalhães cogitou a estratégia de colocar um ponto eletrônico para saber em tempo real as informações da partida que definirá qual divisão a equipe irá disputar em 2017. Entretanto, a ideia não foi para frente e ficou combinado de amigos mais próximos fazerem sinais nos momentos mais aclamados do confronto, como os gols marcados.

– Joguei no grupo “Confraria do Almirante”que tenho no WhatsApp com amigos torcedores do Vasco essa ideia de ponto eletrônico, me apoiaram, mas não foi para frente. Alguns mais próximos irão me avisar ao longo do jogo. A cerimônia está prevista para começar 17h30, deve acabar 18h30, e ainda devo ter a oportunidade de assistir ao final da partida – afirmou o torcedor.

Na festa após o jogo, ficou combinado entre os amigos do noivo de que uma bandeira grande do Vasco será esticada com outros adereços caso o acesso seja sacramentado.

BATE-BOLA
Rodrigo Magalhães
Noivo


‘O amor é muito grande e vai subir’

Como você lida o casamento e o amor que tem com o Vasco?
O amor é incondicional. É muito grande e o Vasco irá subir. Daremos sorte com o casamento com a minha noiva na hora do jogo e faremos uma festa completa depois com o acesso. Desde 2009 sofri muito com os rebaixamentos que o Vasco teve no Campeonato Brasileiro, mas isso renova apenas os votos de amor. E sempre com a Nel comigo.

Como foi a união de vocês?
Uma linda história. Somos amigos de infância, temos hoje 27 anos, mas quando tínhamos 11 as nossas famílias se separaram. Reencontrei por meio de um amigo em 2009, quando começamos a namorar. Ela mesmo não sendo vascaína de infância foi a todos os jogos comigo desde então e virou uma torcedora também.

Como serão as comemorações?
Planejamos tudo, exceto o fato de o nosso casamento ser justamente na mesma hora de que o Vasco vai decidir o seu futuro para 2017. As brincadeiras são sadias, mas tenho a certeza que o Vasco vai subir. Douglas vai fazer o gol que selará o acesso.