icons.title signature.placeholder Luiz Signor
25/06/2014
12:58

A Copa do Mundo no Brasil já entrou para a história em pelo menos um quesito. Os voluntários localizados nas 12 cidades-sede do Mundial estão sendo submetidos a exames pela primeira vez na maior competição de futebol do planeta. Algo inédito e que foi possível graças a uma parceria que também se destaca pela ineditismo. A Johnson & Johnson é a primeira empresa ligada à área de cuidados com a saúde parceira da Fifa em uma Copa, sendo a responsável pelos exames em que tem a missão de ajudar na realização da Copa sem ser remunerado para isso, os voluntários. Voluntários que passam dos 14 mil nesta Copa.

Os exames acontecem no Centro de Voluntários de cada um dos 12 estádios da Copa, sendo realizados um dia antes e no dia do jogo que o estádio em questão receberá. A presença não é obrigatória, mas o comparecimento tem sido satisfatório. No Maracanã, por exemplo, mais de 470 dos 1.100 voluntários que trabalham no Maior do Mundo já haviam comparecido até o fim da manhã da última terça, quando a reportagem do LANCE!Net visitou o local e passou pelos exames para atestar a importância do processo, que não leva mais do que dez minutos para ser realizado.

Em um primeiro momento, os voluntários, em uma área especial da Johnson & Johnson, descobrem o IMC (índice de massa corporal), possível após o conhecimento do peso e da altura de cada pessoa. Assim, é possível saber qual voluntário está abaixo ou acima do peso ideal. Na sequência, há a medição da pressão arterial. Cada voluntário recebe um guia com 11 dicas para momentos em que se sintam mal e como proceder em cada situação.

O terceiro passo diz respeito à higiene bucal. Um dentista entra em ação e, após algumas perguntas, submete o voluntário ao teste que verifica o excesso de placa bacteriana. Logo depois, ele o profissional oferece dicas de como deve ser a escovação dos dentes. Escovação que é praticada no próprio local. A última etapa é um exame de glicemia, que auxilia no diagnóstico e acompanhamento do diabetes.

Ao término do processo, a passagem do voluntário pelos testes passa a fazer parte do contador que disponibiliza quantas pessoas já passaram pelos exames. O voluntário ainda recebe um kit com, por exemplo, protetor solar, escova de dentes, sabonete e outros produtos, alguns exclusivos para mulheres, que se fazem necessários no cuidado com a saúde.

– Nós olhamos para os voluntários como o grupo que cuida das pessoas durante a Copa. É o pessoal que está preocupado em dar orientações, dar o suporte, ajudar em situações mais difíceis e de emergência. E como a Johnson & Johnson é uma empresa que tem essa preocupação com o cuidado, a gente esolheu cuidar desse grupo de pessoas, seja oferecendo produtos, testes de saúde, dando apoio durante o processo de treinamento e na escolha dos voluntários, como aconteceu  – destacou Ricardo Wolff, porta voz da empres para as ações de patrocínio à Copa do Mundo, ao L!Net.

Exames são realizados no Centro de Voluntários, localizado no Maracanãzinho (Foto: Luiz Signor)

Logo após a realização dos exames, os voluntários podem desfrutar do Centro de Voluntários, que fica no ginásio do Maracanãzinho e, por conta do espaço, oferece lazer de sobra: mesas de ping pong, sinuca, video game, locais para descanso e internet.