Grêmio x Atlético-MG

Jogos de grandes clubes brasileiros chegam a movimentar mais de R$ 600 mil (Foto: Ricardo Rímoli/Lancepress!)

LANCE!
02/09/2016
09:15
São Paulo (SP) 

Os fãs de esporte que querem ganhar dinheiro assistindo a jogos de futebol, tênis, basquete, vôlei ou qualquer outra modalidade têm hoje a opção de investir em “trading esportivo”, que funciona como uma bolsa de valores cujos ganhos (ou prejuízos) variam de acordo com o resultado da partida. Diferente das tradicionais apostas online, a ferramenta possibilita manejar o investimento de acordo com a leitura do evento esportivo. Além disso, enquanto as apostas são feitas contra uma empresa (site), no tranding esportivo a valorização ou desvalorização do dinheiro apostado é em relação a outra pessoa.

A bolsa de valores, neste caso, é a Betfair, empresa inglesa que tem atualmente cerca de 1,2 milhão de usuários espalhados pelo mundo e que chega a realizar uma média de 5 milhões de transações ligadas ao esporte diariamente.

No Brasil, um dos precursores na área é o investidor Juliano Fontes, que aliou o interesse no mercado de ações à paixão pelo futebol para ser referência no trading esportivo no país. Segundo ele, esse segmento está crescendo de forma “assustadora” no mercado brasileiro.

– Hoje, o dinheiro movimentado em uma partida em trading esportivo é o dobro de cinco anos atrás – comenta o investidor.

Fã de futebol, Fontes afirma que chega a realizar em média 20 transações durante uma partida, que são feitas de acordo com as variações do jogo em que aposta.

– Se eu apostei no empate e após 10 minutos o resultado permanece igual, meu dinheiro já valorizou e posso vender para alguém que esteja interessado – explica Fontes.

Segundo ele, um jogo de um grande time brasileiro de futebol movimenta em média 200 mil dólares (cerca de R$ 640 mil).

E-book ensina estratégias para lucrar vendo jogos
O trading esportivo tem crescido tanto no país que já há até um treinamento para ensinar os fãs de esporte a ter mais lucro do que prejuízo com a ferramenta. Há quatro anos, incentivado pelos leitores do e-book que escreveu sobre o segmento, o investidor Juliano Fontes decidiu disponibilizar o material sobre investir (e ganhar) dinheiro em esportes através da ferramenta da Betfair. Desde então, a iniciativa já atraiu mais de 2,3 mil interessados.

– Explico desde o funcionamento da “bolsa esportiva” até as estratégias mais avançadas – diz Fontes, que tem uma parceria com o LANCE! na iniciativa de propagar a modalidade no mercado brasileiro.

O E-book abrange 68 aulas-vídeo de 5 a 30 minutos cada (veja mais informações no site http://lance.investimentofutebol.com)

– São 23 estratégias que ajudam a investir na área – diz Fontes.