RADAR/LANCE!
25/09/2016
06:00
Rio de Janeiro (RJ)

Paolo Guerrero terá uma ótima chance de mostrar serviço para o Flamengo, hoje, às 16h, contra o Cruzeiro, no Kleber Andrade, em Cariacica, pela 27 rodada da Série A do Brasileiro. Beneficiado pela lesão de Leandro Da-
mião, o atacante volta a ser o titular do Rubro-Negro neste clássico que terá transmissão em tempo real no site do LANCE!.

A volta vem em boa hora para o peruano. Guerrero espera acabar com um incômodo jejum de gol, já que não marca com a camisa do clube há cinco partidas - a vitória por 2 a 0 sobre o Coritiba - e se somarmos as ausências por suspensão (Grêmio), Eliminatórias da Copa do Mundo de-fendendo a sua seleção (Ponte Preta) e problemas de saúde, como virose e gastroenterite (Palmeiras, Vitória, Figueirense) são dez jogos que o torcedor do Flamengo não vê o atacante balançar redes.

Guerrero não anda feliz com a seca. Mas sabe que conta com o carinho do torcedor. Ontem, no treino aberto para a torcida que o Flamengo fez na Gávea ele foi um dos mais procurados e tietados para fotos. Brincava com as dezenas de crianças que corriam para abraçá-lo. Não parava de sorrir e comentar com Mancuello, que estava a seu lado. Um apoio extra para o camisa 9 voltar a fazer diferença e manter o Flamengo na caça ao hepta.

- No Brasileiro pensamos que podemos mais, que todos nós podemos
dar mais. Enfrentaremos o Cruzeiro, um jogo difícil, mas que temos qualidade para ganhar. Para isso, temos de continuar na mesma pegada e
concentração - disse o atacante.

O jogo também será a oportuni-dade para Guerrero ganhar entrosamento com o meia Diego. Os dois atuaram apenas uma vez juntos, na vitória por 3 a 1 sobre a Chapecoense. Contra o Cruzeiro há toda uma expectativa: será que Diego, que já deu diversas assistências para gols dos companheiros vai tornar-se também um garçom para Guerrero? Paolo, elogiando o companheiro e apontando a sua contribuição para a equipe, espera que sim.

- Diego tem passe bom, procura o centroavante, faz o time jogar. Podemos nos entender bem. Ele sabe que eu também não gosto de ficar enfia-
do na frente. Gosto de buscar a bola, dar espaço para meus companheiros - disse Guerrero, pronto para retomar de vez o seu lugar no time titular, de preferência fazendo os gols decisivos de uma vitória que manterá o Flamengo apenas um ponto atrás do líder Palmeiras.