Paulo Victor Reis
07/07/2016
06:00
Rio de Janeiro (RJ)

A chegada de Donatti encerrou a busca do Flamengo por defensores para esta temporada. O clube está satisfeito com as opções para a zaga, mas agora se mostra receoso com a possibilidade de perder atletas. Isso porque a janela de transferências de jogadores do Brasil para o exterior só se encerra no fim de agosto, diferentemente da janela que permite a chegada de atletas ao país, que fecha no fim deste mês.

O diretor executivo de futebol do Rubro-Negro, Rodrigo Caetano, falou sobre a possibilidade de novas contratações e o risco de perdas.

– Se tiver realmente alguma oportunidade, dentro do nosso orçamento, claro que vamos tentar fortalecer. Lembrando que aqui dentro do país está cada vez mais difícil porque já se passaram 13 rodadas. Então, muito provavelmente, atletas de bom nível já tenham estourado os sete jogos. Corremos o risco contrário, pois a janela de transferências se fecha para o Brasil, mas de saída ela permanece aberta até (o fim de) agosto. O risco de perder é muito grande – disse o dirigente, que promete se esforçar para não sofrer com despedidas.

– O Flamengo vai fazer de tudo para manter este elenco – garante.

Recentemente, Guerrero voltou a ser especulado em clubes do exterior. No entanto, o Rubro-Negro garante não ter recebido qualquer tipo de proposta pelos seus jogadores.