Dom Garcia (Foto: Clarildo Menezes)

Dom Garcia está recuperado para buscar o título mundial da WBU (Foto: Clarildo Menezes)

LANCE!
09/04/2019
14:55
Maricá (RJ)

Um drama virou combustível para Raphael Dom Garcia buscar o cinturão da WBU e mostrar que o boxe brasileiro está mais vivo do que nunca. A poucos dias da luta contra o argentino Cristian Ariel Gomez, que acontecerá em 20 de abril, no Esporte Clube Maricá, em Maricá (RJ), pela Divisão dos Cruzadores, o brasileiro sofreu um golpe no olho direito em um treino e ficou com a vista comprometida durante três dias.

O acidente aconteceu em uma atividade na areia, contra um lutador jovem que o auxiliou na reta final da preparação.  Em um primeiro momento, a dor o assombrou. Mas, graças ao apoio de sua esposa, Isabel, todos os cuidados foram tomados para que ele recuperasse rapidamente a vista. Os médicos deram prazo de três dias para que tudo voltasse ao normal, e foi o que ocorreu.

– Fiquei três dias sem poder nem chorar para não sentir mais dor. Não podia abrir os olhos e com menos de 10% por cento da visão do olho direito. A dor era tanta que tive de repousar e rezar para que fosse algo passageiro. Graças a Deus estou aqui, firme e forte. Voltei a treinar e a enxergar no prazo. Não estou sentindo nada além de gratidão pela minha esposa, que cuidou de mim nesses dias terríveis – contou o boxeador.

O título que Dom Garcia busca é para lá de especial, pois já pertenceu a lendas da categoria, como Roy Jones Jr., George Foreman e Micky Ward. O primeiro deixou o cinturão vago em 2018. Portanto, quem vencer, torna-se campeão.

– Meu objetivo é massacrar o argentino, porque ele andou me desrespeitando, mexendo até com os nervos da cidade, o que me deu até mais disposição para lutar – declarou Dom Garcia.

O brasileiro, de 28 anos, tem um cartel de oito vitórias por nocaute em oito combates. Em setembro do ano passado, conquistou o título latino-americano pela World Boxing League (WBL), ao nocautear o baiano Gueo Santos. Ele também é campeão Norte-Nordeste e Brasileiro pela Associação Nacional de Boxe (ANB). Gomez, de 42 anos, soma 23 combates e 12 vitórias.