Khabib finalizou McGregor no quarto round, após dominar o irlandês no UFC 229 (Foto: Getty Images)

Khabib Nurmagomedov finalizou McGregor no quarto round, após dominar o irlandês (Foto: Getty Images/UFC)

TATAME 
07/10/2018
03:13
Las Vegas (EUA)

Realizado na madrugada de sábado (6) para domingo (7), na T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA), o UFC 229 trouxe o aguardado embate entre Khabib Nurmagomedov e Conor McGregor, valendo o cinturão dos leves da organização. Após mais uma atuação dominante, o russo finalizou “Notorious” no quarto assalto e deu origem a uma briga generalizada ao ir para cima de Dillon Danis, treinador de Jiu-Jitsu do lutador irlandês.

Em card preliminar movimentado, Brasil tem saldo positivo no UFC 229; confira
No co-main event, o ex-campeão Tony Ferguson venceu Anthony Pettis por nocaute técnico em uma luta espetacular, que foi a mais aplaudida da noite. O prospecto Dominick Reyes, por sua vez, conquistou um importante triunfo sobre Ovince St-Preux nos meio-pesados, enquanto Derrick Lewis superou Alexander Volkov em uma virada sensacional, e Michelle Waterson bateu Felice Herrig com grande tranquilidade na abertura do card principal.

Khabib domina e finaliza McGregor com mata-leão

No primeiro round, Khabib não deu chance para o azar e aplicou uma rápida queda em McGregor, segurando o desafiante no solo até o soar da buzina. No segundo assalto, Nurmagomedov surpreendeu e conseguiu um knockdown após um overhand de direita. O irlandês se levantou e foi novamente derrubado pelo campeão. Por cima, Khabib bateu bastante em Conor e tentou finalizar, sem sucesso, mas desgastou o oponente.

Já no terceiro round, Conor cresceu, defendeu as tentativas de quedas do russo e usou seus punhos para pontuar. No quarto assalto, Khabib voltou a ter domínio do combate, aplicou a queda, foi para as costas e finalizou o irlandês com um mata-leão. “The Eagle” chegou a marca de 27 vitórias e nenhuma derrota, além de manter o cinturão dos leves.

Briga generalizada toma conta da T-Mobile Arena

Após o triunfo sobre McGregor, Nurmagomedov se descontrolou e pulou do octógono em direção ao córner de Conor para brigar com Dillon Danis. Isso deu início a uma confusão generalizada, incluindo um treinador de Khabib que pulou no octógono e agrediu Conor. O russo foi controlado por Daniel Cormier e Luke Rockhold, parceiros de treino na AKA.

Dana White, presidente do UFC, disse a Khabib que não iria entregar o cinturão dos leves, com medo de retaliações do público presente na arena em Las Vegas (EUA), maioria na torcida pelo irlandês. Quando o russo se dirigiu ao vestiário, sob escolta de seguranças, parte da torcida vaiou o campeão e arremessou copos cerveja e outros em sua direção.

Em luta insana, Pettis se machuca e Ferguson leva

Tony Ferguson e Anthony Pettis protagonizaram uma batalha alucinante no co-main event. “El Cucuy” iniciou melhor o confronto, colocando um forte ritmo na troca de golpes e sendo mais incisivo no primeiro round, mas a situação mudou completamente no segundo assalto quando “Showtime” conseguiu um knockdown. Porém, Ferguson mostrou resistência, fez a luta retornar de pé e seguiu protagonizando uma impressionante guerra.

No fim do segundo assalto, Pettis quebrou a mão e decidiu, junto com o seu treinador, abandonar o confronto no intervalo para o terceiro round. Desta maneira, Ferguson chegou a sua 11ª primeira vitória na divisão dos leves do UFC e desafiou Conor McGregor.

Reyes vence St-Preux em final de luta polêmico

O meio-pesado Dominick Reyes teve um desempenho dominante contra o veterano Ovince St-Preux. Mostrando um Boxe muito alinhado desde o início do combate, o lutador encurralou OSP em diversos momentos e ficou bem próximo do nocaute em duas oportunidades. A primeira chance foi no round inicial, quando conectou diversos golpes em St-Preux. O segundo momento aconteceu no último segundo da luta, quando “The Devastator” encaixou um belo direto que levou OSP ao chão, mas a luta acabou no tempo regular. Na decisão unânime, Reyes levou a melhor e chegou ao quarto triunfo no Ultimate.

Lewis reage no fim e supera Alexander Volkov

Derrick Lewis conquistou uma das vitórias mais incríveis de sua carreira. Enfrentando Alexander Volkov na categoria dos pesados, o norte-americano teve um desempenho fraco, sofreu com os ataques do russo nos dois primeiros assaltos, mas mostrou queixo para evitar o nocaute. No terceiro round, “Black Beast” também estava sendo derrotado, no entanto, encaixou uma “bomba” de direita faltando poucos segundos para o fim e conseguiu uma improvável virada sobre “Drago”. Com a vitória por nocaute técnico, Lewis chegou a terceira seguida e se aproxima cada vez mais do title shot na divisão até 120kg.

Waterson controla combate e supera Herrig

Na abertura do card principal, Michelle Waterson venceu Felice Herrig em duelo no peso-palha. Apesar da pressão que Herrig fez no clinch, “The Karate Hottie” prevaleceu com bons chutes altos e quedas no tempo certo durante toda a luta. No resultado oficial pós três rounds, a atleta da Jackson-Wink MMA venceu por decisão unânime dos jurados.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC 229
T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 6 de outubro de 2018

Card principal

Khabib Nurmagomedov finalizou Conor McGregor com um mata-leão no 4R
Tony Ferguson derrotou Anthony Pettis por nocaute técnico no 2R
Dominick Reyes derrotou Ovince St-Preux por decisão unânime dos jurados
Derrick Lewis derrotou Alexander Volkov por nocaute técnico no 3R
Michelle Waterson derrotou Felice Herrig por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Jussier Formiga derrotou Sergio Pettis por decisão unânime dos jurados
Vicente Luque derrotou Jalin Turner por nocaute técnico no 1R
Aspen Ladd derrotou Tonya Evinger por nocaute técnico no 1R
Scott Holtzman derrotou Alan Nuguette por nocaute técnico no 3R
Yana Kunitskaya derrotou Lina Lansberg por decisão unânime dos jurados
Nik Lentz derrotou Gray Maynard por nocaute técnico no 2R
Tony Martin derrotou Ryan LaFlare por nocaute técnico no 3R

Quer ficar por dentro do mundo da luta? Clique e acesse o site da TATAME!