Georges St-Pierre (Foto: Getty Images / UFC)

St-Pierre afirmou que deseja enfrentar Khabib ou McGregor para aumentar legado no MMA (Foto: Getty Images/UFC)

TATAME
07/08/2018
12:47
Rio de Janeiro (RJ)

Uma das maiores estrelas do UFC, Georges St-Pierre, ex-campeão dos meio-médios e médios, não sabe o que é lutar desde novembro de 2017, quando finalizou Michael Bisping, em Nova York (EUA). GSP, no entanto, afirmou ao UFC Radio que tem pretensões de lutar o quanto antes e definiu como alvo o vencedor de Khabib Nurmagomedov, campeão dos leves, e Conor McGregor, que medem forças no UFC 229, em Las Vegas (EUA). O canadense quer fazer ainda mais história e conquistar o cinturão na divisão até 70kg.

- Eu estou interessado nesta luta. Essa é uma situação ganha-ganha, por ser uma atualização de meu legado e é a chance de ganhar um bom dinheiro - será uma grande luta. No entanto, eu lutei nos meio-médios e renunciei ao título. Eu lutei nos médios, também renunciei. Eu penso que o UFC não vai me deixar lutar pelo título na divisão dos leves. Eles ficarão com medo de eu desistir e deixar a divisão - apontou GSP, explicando o motivo de recusar a luta com Nate Diaz, que foi oferecida pelo Ultimate.

- O legado de Nate Diaz não é realmente uma melhoria para mim, porque as pessoas já me veem como vencedor. E se eu ganhar, eles vão dizer que eu pareço um valentão, porque eu venci seu irmão mais velho (Nick Diaz). Em termos de dinheiro, vai ser muito dinheiro, porque Nate Diaz é um grande nome. Eu preciso encontrar caras quem possam me ajudar a melhorar o meu legado. Dinheiro também. Estou em um ponto da minha carreira agora que só tenho algumas lutas pela frente - encerrou o canadense.

Quer ficar por dentro do mundo da luta? Clique e acesse o site da TATAME!