Daniel Cormier, atual campeão de duas categorias distintas, quer enfrentar Brock Lensar (Foto: Getty Images)

Daniel Cormier não aliviou em mais uma provocação direcionada ao seu rival, Jon Jones (Foto: Getty Images/UFC)

TATAME
04/10/2018
12:32
Rio de Janeiro (RJ)

Rivais declarados, Daniel Cormier e Jon Jones seguem se provocando constantemente através das redes sociais. Agora, foi a vez de “DC”, atual campeão meio-pesado e peso-pesado do UFC, “alfinetar” seu desafeto. Na última quarta-feira (3), o americano fez uma postagem ironizando o acordo de colaboração que “Bones” realizou com a USADA (Agência Antidoping dos Estados Unidos), acusando Jones de delatar o lutador peso-galo do Ultimate Sean O’Malley, que recentemente foi flagrado em um exame antidoping e, desta forma, acabou sendo retirado do card do UFC 229, marcado para o próximo sábado (6).

Vale ressaltar que Jones estará liberado para voltar a lutar a partir do dia 28 de outubro, após receber uma suspensão de 15 meses da USADA. O gancho foi reduzido, uma vez que o lutador poderia receber uma punição de até quatro anos, por já ter sido flagrado em exames antidoping antes. Todavia, a pena máxima não foi aplicada por conta de um acordo feito com o órgão, onde ele passaria informações sobre suspeitas de doping de outros.

Essa foi a “deixa” para Cormier provocar, mais uma vez, seu grande rival. Em seu perfil no Instagram, Daniel publicou uma montagem onde Jon Jones aparece ao telefone, com a legenda: “Ei, USADA. O nome é Sean O’Malley”. O campeão ainda colocou as hashtags “#UmTiroUmaMorte #AtiradorDeElite #Delator”, com o sentido de acusar seu desafeto.

Veja o post abaixo:

Visualizar esta foto no Instagram.

#oneshotonekill #sniper #snitch

Uma publicação compartilhada por Daniel "DC" Cormier (@dc_mma) em