Presidente do Bellator, Scott Coker fez importantes anúncios nesta terça-feira (Foto: Getty Images)

Presidente do Bellator, Scott Coker fez importantes anúncios nesta terça-feira (2) em Londres (Foto: Getty Images)

TATAME
02/04/2019
18:02
Londres (ING)

A terça-feira (2) foi agitada no Bellator após uma coletiva do presidente Scott Coker em Londres para promover a edição 222. O dirigente anunciou a realização de um Super GP dos Penas com 16 lutadores. A primeira rodada será um card com oito lutas em outubro.

O vencedor do GP vai receber US$ 1 milhão. Não ficou definido se o campeão da divisão, Patrício Pitbull, que vai fazer uma superluta com o campeão dos leves Michael Chandler no Bellator 221 em maio, irá participar. O objetivo é realizar o torneio até outubro de 2020.

Erick Silva no Bellator 222

A edição especial do Bellator em Londres teve duas lutas importantes adicionadas ao card do dia 22 de junho. O brasileiro Erick Silva vai enfrentar Paul Daley em um confronto válido pela categoria até 77kg. "The Tiger" estreou com derrota na organização para Yaroslav Amosov. Já o britânico foi eliminado do GP dos Meio-Médios por Michael Page.

Outro confronto anunciado pela organização também para o Bellator 222 foi entre James Gallagher, uma das promessas da franquia, e Jeremiah Labiano. A luta principal do evento terá Gegard Mousasi defendendo o cinturão dos médios contra Rafael Lovato Jr.

Barnett assina com o Bellator

O ex-campeão do UFC, Josh Barnett é a nova contratação do Bellator para a categoria dos pesados. O norte-americano não luta desde 2016, quando venceu Andrei Arlovski no UFC Hamburgo. Em dezembro do mesmo ano, o lutador de 41 anos foi flagrado no exame antidoping da USADA (Agência de Antidoping do EUA) e, seguida, suspenso por 16 meses pelo órgão. Desta maneira, "The Warmaster" participou de lutas de Grappling, empatando com Gregor Gracie e sendo derrotado por Gordon Ryan.