Foto: Acervo Pelé

Pelé ganharia mais que Messi e Cristiano Ronaldo se recebesse os valores atuais?
Veja lista dos mais bem-pagos de 2020
(com o Rei!)

 Foto: Santos

Em 61, o salário de Pelé era de 2 milhões de cruzeiros (R$ 70 mil).
A Forbes escutou especialistas e chegou ao valor de quanto o
Rei receberia caso atuasse hoje. 

 Foto: AFP

10º - Lewandowski - faturamento de 28 milhões de dólares/ano
(24 milhões de salário + 4 milhões de patrocínios)

 Foto: AFP

9º - Gareth Bale - faturamento de 29 milhões de dólares/ano
(23 milhões de salário + 6 milhões de patrocínios)

 Foto: AFP

8º - Griezmann - faturamento de 33 milhões de dólares/ano
(28 milhões de salário + 5 milhões de patrocínios)

 Foto: AFP

7º - Paul Pogba - faturamento de 34 milhões de dólares/ano
(28 milhões de salário + 6 milhões de patrocínios)

 Foto: AFP

6º - Mo Salah - faturamento de 37 milhões de dólares/ano
(24 milhões de salário + 13 milhões de patrocínios)

 Foto: AFP

5º - Mbappé -
faturamento de 42 milhões de dólares/ano
(28 milhões de salário + 14 milhões de patrocínios)

 Foto: AFP

4º - Neymar -
faturamento de 96 milhões de dólares/ano
(78 milhões de salário + 18 milhões de patrocínios)

 Foto: AFP

3º - Cristiano Ronaldo -
faturamento de 117 milhões de dólares/ano
(70 milhões de salário + 47 milhões de patrocínios)

 Foto: AFP

2º - Lionel Messi -
faturamento de 126 milhões de dólares/ano
(92 milhões de salário + 34 milhões de patrocínios)

 Foto: AFP

1º - Pelé -
faturamento de 223 milhões de dólares/ano
(126 milhões de salário + 20 milhões em patrocínios individuais + 77 milhões de cota de fidelidade aos patrocinadores)

 Foto: Logan Bowles/NFL