Russel Dias e Alexandre Guariglia
26/08/2017
21:19
São Paulo (SP)

Um nome que não traz boas lembranças ao corintiano parou o Corinthians em Itaquera: Marcos, goleiro do Atlético-GO e xará do ídolo que defendeu o rival Palmeiras. Curiosamente, o Alviverde fez aniversário de 103 anos neste sábado. Nem mesmo a conta oficial do clube goiano perdeu a chance de lembrar do goleiro pentacampeão (ver abaixo) durante a narração do jogo. "São Marcos" de Goiás foi o melhor em campo, em noite de má pontaria do ataque do Timão, em especial Kazim. Resultado: 1 a 0 para o Dragão. Confira as notas:

6,0
Cássio

Assistia ao jogo sem trabalhar até o fim do primeiro tempo, quando defendeu cabeçada de Jorginho. Não teve o que fazer no gol do Atlético-GO.

6,5
Fagner
Tomou iniciativa de partir para cima e acertou a trave. Cumpriu seu papel na defesa e quase abriu o placar.

6,0
Pedro Henrique 
Teve que se preocupar mais com a saída de bola do que com a defesa.

6,0
Pablo 
Assim como companheiro de zaga, pouco exigido e sem culpa no gol pelo alto do Atlético-GO.

5,0
Moisés 
Mostrou uma diferença gigantesca em relação a Arana, o titular da posição. Teve pouca segunda para passes simples no ataque e pouco criou.

6,0
Gabriel 
Com o Atlético-GO atrás da linha da bola, participou das jogadas de ataque, subiu e deu bons passes.

6,0
Jadson 
Retornando de lesão, foi o mais exigido para abrir a defesa do retrancado visitante. Criou mais no primeiro tempo e naturalmente caiu de produção até ser substituído.

5,5
Rodriguinho 
Apesar de ter puxado contra-ataques, errou mais do que está acostumado, principalmente nas finalizações.

5,5
Maycon 
Perdeu algumas chances de acelerar o jogo quando a bola passava por seu domínio. No mais, não errou passes ou posicionamento na marcação.

5,0
Clayson 
Menos objetivo do que Romero, procurou driblar mas pecou em excesso no último passe. Perdeu gol sem goleiro.

4,0
Kazim 
O grande destaque negativo do jogo. Perdeu inúmeras chances claras de gol, errou domínio de bola e falhou na marcação pelo alto no gol do Atlético-GO. Desperdiçou a chance que tanto queria.

5,5
Camacho 
Entrou para deixar o time mais ofensivo e acabou distribuindo passes para os laterais.

6,5
Marquinhos Gabriel 
Entrou para fazer o que ninguém tentava: driblar. Não conseguiu concluir algumas jogadas, mas acelerou o ataque corintiano.

5,5
Carlinhos 
Deu algum alento ao lado esquerdo do ataque, que só vivia de Clayson, mas não concretizou em chances claras de gol.

5,5
Téc: Fabio Carille 
Sofreu com a diferença de qualidade técnica dos substitutos de Arana e Romero. Demorou a colocar Marquinhos Gabriel diante de um time retrancado.


ATLÉTICO-GO

8,5
Marcos

Partida espetacular. Fez defesas milagrosas garantindo o placar.

5,5
Jonathan
Sofreu com Clayson pela sua lateral e pouco foi ajudar o ataque.

6,5
William Alves
Tirou tudo o que foi possível de todas as maneiras. Foi bem.

7,0
Gilvan
Aproveitou cobrança de escanteio para marcar o gol da vitória.

6,0
Bruno Pacheco
Bateu escanteio que originou o gol, mas pecou atrás

5,5
Igor
Vinha marcando firme, mas foi substituído por já ter cartão amarelo.

6,5
Paulinho
Tem qualidade para sair e disposição para marcar. Se destacou.

6,0
Andrigo
Achou bem os espaços para trocar seus passes no setor ofensivo.

6,5
Jorginho
Procurou as tabelas com Walter, driblou e ainda ajudou na marcação.

6,0
Luiz Fernando
Muita disposição, foi a válvula de escape para o ataque.

6,5
Walter
Tem muita qualidade, jogou com inteligência e quase marcou belo gol.

5,5
Marcão Silva
Um tanto quanto estabanado, porém sem comprometer.

6,0
Niltinho
Com fôlego, entrou para puxar alguns contra-ataques no fim.

6,0
Everton Heleno
Opção para fechar mais o meio nos minutos finais da partida.

7,0
Téc: João Paulo Sanches
Armou uma arapuca para o Corinthians e venceu.