Terracap/Brasília jogará em casa (Foto: Alexandre Arruda/CBV)

Terracap/Brasília jogará em casa nesta terça-feira (Foto: Alexandre Arruda/CBV)

RADAR/LANCE!
01/02/2016
17:19
Brasília (DF) 

O Terracap/Brasília Vôlei (DF) terá um grande desafio na sequência da Superliga Feminina de Vôlei. O time candango receberá, nesta terça-feira, o líder e atual campeão Rexona-AdeS (RJ), às 20h, no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF). A líbero Sassá, do time candango, comentou sobre a expectativa para  o duelo diante do grupo carioca.

- Vai ser um jogo difícil diante de um adversário favorito ao título da Superliga. Vamos entrar em quadra para fazermos o nosso melhor e espero mostrar evolução. O nosso saque vai ser fundamental para que a Thompson (levantadora) não jogue com o passe na mão o tempo todo, pois elas têm um potencial de ataque muito grande. Estamos focadas na nossa equipe para continuar numa crescente em busca de uma boa classificação para os playoffs - disse Sassá.

Para o Rexona-AdeS, que disputará a partida motivado pela conquista da Copa Banco do Brasil no último sábado,  quando venceu o Dentil/Praia Clube por 3 sets a 0 na decisão, o jogo será muito importante para a sequência da Superliga. A líbero Fabi pediu concentração para o time carioca.

- Sabemos que Brasília mescla juventude com experiência. É um time que conta com a Paula como referência, e que está fazendo uma ótima Superliga. Elas vêm fazendo bons jogos, principalmente em casa, com apoio da torcida. Sabemos das dificuldades que vamos enfrentar e, por isso, temos que entrar ligadas para fazer o nosso melhor - destacou Fabi.

Na tabela de classificação, a equipe da capital federal aparece em quinto lugar, com 25 pontos (oito vitórias e oito derrotas). Já o time comandado pelo treinador Bernardinho é o líder da Superliga 15/16, com 43 pontos (15 resultados positivos e um negativo). O Dentil/Praia Clube (MG) está em segundo lugar, com 42, seguido pelo Vôlei Nestlé (SP), com 35, e Camponesa/Minas, com 34. No primeiro turno, o Rexona-AdeS superou o Terracap/Brasília Vôlei por 3 sets a 1.