Vôlei Brasil Kirin (Foto: Divulgação)

Equipe do Vôlei Brasil Kirin  comemora vitória na Superliga 2015/16 (Foto: Divulgação)

RADAR/LANCE!
03/02/2016
13:13
Campinas (SP)

Embalado pela série de vitórias fora de casa, o Vôlei Brasil Kirin quer usar o retorno ao Ginásio do Taquaral, em Campinas, como arma para buscar mais um resultado positivo na Superliga Masculina de Vôlei. Nesta quinta-feira, às 20h, o time campineiro recebe Funvic/Taubaté,  em jogo válido pela quinta rodada do returno da Superliga Masculina de Vôlei.

O Vôlei Brasil Kirin conseguiu duas vitórias seguidas, contra Minas e Montes Claros, nas duas últimas rodadas, e se isolou em quarto lugar com 27 pontos em 14 jogos. Nesta temporada, os dois times se enfrentaram cinco vezes, com três vitórias para os visitantes e duas para os campineiros. Para o treinador da equipe de Campinas, Alexandre Stanzioni, o jogo desta quinta promete ser complicado e deve ser decidido nos detalhes.

- São times que se conhecem muito bem, o que deixa ainda mais difícil, para nós e para eles, criar uma estratégia. Por isto, é preciso se ater aos detalhes ao criar oportunidades para neutralizar o jogo deles. Da mesma forma, temos que ser cirúrgicos em desenvolver o nosso - comentou o treinador Alexandre Stanzioni.

O bom retrospecto recente, porém, anima o time campineiro para o duelo contra mais um adversário direto - Taubaté é o segundo colocado com 35 pontos.

- Imaginamos, desde o começo da temporada, jogar em um padrão e, pelo que foi apresentado nestes dois jogos, estamos no caminho certo. Conseguimos impor nosso jogo e deixá-los mais tranquilos. Em uma partida equilibrada como esta, podemos dar mais um passo rumo ao ápice - acrescentou Stanzioni.

Um dos líderes dos jogadores mais experientes do elenco, o central Vini acredita que a força do jogo coletivo do Vôlei Brasil Kirin possa fazer a diferença nesta quinta-feira. Na partida contra Montes Claros, no último sábado, o camisa 11 veio do banco de reservas e ajudou bastante o time campineiro a conquistar a vitória.

- Estamos numa crescente, animados, mas a partida contra Taubaté é outra história. Será um jogo muito difícil. Temos que estar ligados o tempo todo e dar 100% para buscar mais esta vitória . A partida desta quinta será um jogo de xadrez e cada peça será importante - encerrou Vini.