Vôlei Nestlé comemora  vitória diante da equipe de Valinhos pelo returno da Superliga (Foto: Gabriel Inamine/Fotojump)

Vôlei Nestlé comemora vitória diante da equipe de Valinhos pelo returno da Superliga  (Foto: Gabriel Inamine/Fotojump)

RADAR/LANCE!
20/02/2016
17:36
Osasco (SP)

Pela décima e penúltima rodada do returno da Superliga Feminina de vôlei 2015/2106, o Vôlei Nestlé (SP) enfrentou neste sábado o Renata Valinhos/Country (SP), no Ginásio José Liberatti, e com o apoio da torcida superou a equipe visitante por 3 seta a 0, com parciais de 25/14, 25/15 e 25/13, em 1h25 de partida.

A central do Vôlei Nestlé, Saraelen, que substituiu a capitã Thaisa, foi o grande destaque do jogo e levou Troféu VivaVôlei. No entanto, a ponteira cubana, Carcaces, também da equipe de Osasco, foi a maior pontuadora da partida, com 16 acertos.

- É sempre bom aproveitar as oportunidades. Sou grata às minhas companheiras e dedico esse troféu a elas, pois foi um trabalho em conjunto. Todas entraram em quadra e deram seu melhor. Conquistamos uma vitória muito importante e temos de seguir trabalhando firme para os próximos jogos - afirmou Saraelen.

A rodada terá mais um jogo neste sábado, quando o Terracap/Brasília Vôlei (DF) receberá São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP), às 18h, no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF). Já pelo encerramento da rodada, Dentil/Praia Clube (MG) e São Bernardo Vôlei (SP) se enfrentarão no dia 26 de fevereiro, às 21h30, no Praia Clube, em Uberlândia (MG).

O JOGO

As equipes começaram empatadas em 2/2, mas na sequência, a equipe da casa abriu larga vantagem placar. Com a belga Van Hecke, o Vôlei Nestlé abriu boa diferença: 17/7.  Já no final do set, as boas jogadas de bloqueio, garantiram a vitória do Vôlei Nestlé por 25/14.

O segundo set teve um início diferente. O Renata Valinhos/Country começou melhor e ficou na frente do placar. No ace de Flavia, fez 7/4. A equipe visitante manteve a vantagem e fez 11/8. No bom saque de Dani Lins, o Vôlei Nestlé chegou ao ponto de empate (11/11). O time da casa virou o jogo, fez 13/11, e André Rosendo pediu tempo. Mas, o Vôlei Nestlé seguiu melhor e abriu 17/11. Com ace de Saraellen, o time de Osasco fez 20/13. Com Marjorie, o Vôlei Nestlé fechou em 25/15.

Embalado pela vitória nos dois primeiros sets, o time a casa  voltou a disparar no placar e abriu vantagem de cinco pontos no terceiro em 9/4 com ponto de bloqueio. No erro de saque do Renata Valinhos/Country, o Vôlei Nestlé chegou a 13/7. Na bola rápida de meio com Marjorie, as donas da casa abriram 18/8. Na bola de segunda de Diana, 22/10. No final, vitória por 25/13.