Bloqueio duplo do Sesc-RJ contra o Fluminense

Michelle tenta passar pelo bloqueio da irmã Monique (Foto: Erbs Jr./Sesc RJ)

LANCE!
11/11/2017
19:27
Rio de Janeiro (RJ)

O Sesc-RJ manteve a invencibilidade na Superliga feminina de vôlei ao vencer o clássico duelo contra o Fluminense neste sábado por 3 sets a 0, com parciais de 25-22, 25-21 e 25-21, na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro. Foi a sexta vitória consecutiva da equipe de Bernardinho no torneio.

O resultado colocou o atual campeão em segundo lugar na classificação geral, com 17 pontos e seis resultados positivos. A liderança é do Dentil/Praia Clube (MG), com 18 pontos e ainda sem perder sets. O Fluminense aparece na oitava colocação, com cinco pontos, após duas vitórias e quatro derrotas.

A oposto Monique foi o destaque em quadra e faturou o Troféu VivaVôlei de melhor da partida, dado por votação popular. A atacante voltou a vencer a irmã gêmea Michelle, do Tricolor, nesta temporada. Elas já haviam se enfrentado duas vezes na final do Campeonato Carioca, conquistado pelo Sesc.

– Fizemos o dever de casa e conseguimos sair daqui com essa vitória. Sabíamos do perigo desse jogo porque elas vieram para essa partida muito motivadas depois da vitória contra o Vôlei Nestlé. Sacamos bem e conseguimos quebrar o passe delas. Isso foi muito importante porque elas têm um time muito habilidoso. Fiquei feliz com a vitória, mas agora já temos que pensar no BRB/Brasília – disse Monique, em referência ao jogo de terça-feira.

Apesar da derrota, Michelle teve atuação destacada. O Fluminense agora volta a jogar contra o Hinode Barueri, no Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ), também na terça-feira.

Nas redes sociais, muitos torcedores reclamaram pelo fato de a RedeTV, que transmitia a partida, ter parado a exibição no meio do terceiro set para mostrar a Série B do futebol.

Na noite de sexta-feira, o Vôlei Nestlé se recuperou e venceu o BRB/Brasília por 3 a 0, em casa. Pelo mesmo placar, o Praia bateu o Bauru, e o Hinode Barueri passou pelo Pinheiros.