icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
19/08/2015
17:12

Nesta quarta-feira, a Seleção feminina brasileira derrotou a Turquia em plena casa das adversárias. Na Arena Hall, em Ankara, as meninas superaram as adversárias, que eram as favoritas, por 3 sets a 1 (25/21, 21/25, 25/19 e 25/22) e conquistaram o título inédito do Mundial sub-23.

Após conquistar a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, Rosamaria voltou a brilhar com a Seleção. No Mundial sub-23, a oposto foi a maior pontuadora da final, com 17 tentos anotados.

Outro destaque brasileiro na decisão do torneio foi o bloqueio. As brasileiras marcaram 22 pontos nesse quesito, sendo as principais destaques Milka, com cinco, Rosamaria e Saraelenm, com quatro, e Juma, com três bloqueios. 

O plantel brasileiro campeão foi formado pelas levantadoras Juma e Naiane, as opostas Rosamaria e Ana Paula, as ponteiras Drussyla, Gabi, Kasiely e Lorenne Geraldo, as centrais Saraelen, Milka e Valquíria e a líbero Juliana Paes.

Confira a campanha brasileira na Turquia:

11/08 – Brasil 3 x 0 Colômbia (25/15, 25/15 e 25/18)
12/08 – Brasil 3 x 0 Egito (25/6, 25/15 e 25/11)
13/08 – Brasil 0 x 3 Turquia (18/25, 15/25 e 14/25)
14/08 – Brasil 3 x 1 Itália (30/28, 16/25, 25/19 e 25/20)
16/08 – Brasil 3 x 0 Bulgária (25/17, 25/8 e 30/28)
17/08 – Brasil 3 x 2 República Dominicana (19/25, 25/21, 15/25, 25/22 e 15/9) - semifinal
19/08 – Brasil 3 x 1 Turquia (25/21, 21/25, 25/19 e 25/22) - final

Nesta quarta-feira, a Seleção feminina brasileira derrotou a Turquia em plena casa das adversárias. Na Arena Hall, em Ankara, as meninas superaram as adversárias, que eram as favoritas, por 3 sets a 1 (25/21, 21/25, 25/19 e 25/22) e conquistaram o título inédito do Mundial sub-23.

Após conquistar a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, Rosamaria voltou a brilhar com a Seleção. No Mundial sub-23, a oposto foi a maior pontuadora da final, com 17 tentos anotados.

Outro destaque brasileiro na decisão do torneio foi o bloqueio. As brasileiras marcaram 22 pontos nesse quesito, sendo as principais destaques Milka, com cinco, Rosamaria e Saraelenm, com quatro, e Juma, com três bloqueios. 

O plantel brasileiro campeão foi formado pelas levantadoras Juma e Naiane, as opostas Rosamaria e Ana Paula, as ponteiras Drussyla, Gabi, Kasiely e Lorenne Geraldo, as centrais Saraelen, Milka e Valquíria e a líbero Juliana Paes.

Confira a campanha brasileira na Turquia:

11/08 – Brasil 3 x 0 Colômbia (25/15, 25/15 e 25/18)
12/08 – Brasil 3 x 0 Egito (25/6, 25/15 e 25/11)
13/08 – Brasil 0 x 3 Turquia (18/25, 15/25 e 14/25)
14/08 – Brasil 3 x 1 Itália (30/28, 16/25, 25/19 e 25/20)
16/08 – Brasil 3 x 0 Bulgária (25/17, 25/8 e 30/28)
17/08 – Brasil 3 x 2 República Dominicana (19/25, 25/21, 15/25, 25/22 e 15/9) - semifinal
19/08 – Brasil 3 x 1 Turquia (25/21, 21/25, 25/19 e 25/22) - final