icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
21/08/2015
11:05

A seleção brasileira feminina de vôlei se despediu de Maceió com mais uma vitória. Depois de superar a Bulgária por 3 sets a 0 na última quarta-feira, as brasileiras voltaram a vencer as búlgaras nesta quinta-feira, no ginásio do Sesi, também por 3 sets a 0, com parciais de 25/23, 25/15 e 25/17. A oposto Monique foi a maior pontuadora do confronto, com 13 acertos.

O treinador José Roberto Guimarães começou a partida com a levantadora Dani Lins, a oposto Monique, as ponteiras Gabi e Natália, as centrais Fabiana e Adenízia, além da líbero Léia. Entraram durante a partida a ponteira Mari Paraíba, as centrais Bárbara e Carol e a levantadora Macris.

O treinador José Roberto Guimarães fez uma análise sobre a partida e falou sobre o próximo desafio das brasileiras.

- O jogo de hoje (quinta) foi mais difícil do que o de ontem (quarta), mas isso foi importante. Nós precisamos passar por essas dificuldades para sabermos sair desses momentos. Agora, vamos nos preparar para o torneio amistoso no Rio de Janeiro, onde vamos enfrentar três adversários difíceis e que vão exigir bastante do nosso time, a Alemanha, a Bulgária e a Holanda. Temos que buscar a regularidade e melhorar nossa transição para os contra-ataques - afirmou José Roberto Guimarães, que ainda elogiou a receptividade do público alagoano.

A central Carol comentou sobre a importância dos amistosos na preparação das brasileiras para os Jogos Olímpicos do Rio.

- Esses jogos foram muito bons para a nossa preparação já para o próximo ano. Sabemos que temos muito o que melhorar, mas estamos no caminho certo. Agora, temos que focar nos jogos da próxima semana para seguimos evoluindo - afirmou Carol.

Capitã Fabiana

No segundo set do confronto entre Brasil e Bulgária, a central Fabiana deixou a quadra com dores no tornozelo direito, após cair de mau jeito na tentativa de bloquear um ataque búlgaro. A bicampeã olímpica será reavaliada nesta sexta-feira para saber o grau da lesão.

A seleção brasileira feminina de vôlei se despediu de Maceió com mais uma vitória. Depois de superar a Bulgária por 3 sets a 0 na última quarta-feira, as brasileiras voltaram a vencer as búlgaras nesta quinta-feira, no ginásio do Sesi, também por 3 sets a 0, com parciais de 25/23, 25/15 e 25/17. A oposto Monique foi a maior pontuadora do confronto, com 13 acertos.

O treinador José Roberto Guimarães começou a partida com a levantadora Dani Lins, a oposto Monique, as ponteiras Gabi e Natália, as centrais Fabiana e Adenízia, além da líbero Léia. Entraram durante a partida a ponteira Mari Paraíba, as centrais Bárbara e Carol e a levantadora Macris.

O treinador José Roberto Guimarães fez uma análise sobre a partida e falou sobre o próximo desafio das brasileiras.

- O jogo de hoje (quinta) foi mais difícil do que o de ontem (quarta), mas isso foi importante. Nós precisamos passar por essas dificuldades para sabermos sair desses momentos. Agora, vamos nos preparar para o torneio amistoso no Rio de Janeiro, onde vamos enfrentar três adversários difíceis e que vão exigir bastante do nosso time, a Alemanha, a Bulgária e a Holanda. Temos que buscar a regularidade e melhorar nossa transição para os contra-ataques - afirmou José Roberto Guimarães, que ainda elogiou a receptividade do público alagoano.

A central Carol comentou sobre a importância dos amistosos na preparação das brasileiras para os Jogos Olímpicos do Rio.

- Esses jogos foram muito bons para a nossa preparação já para o próximo ano. Sabemos que temos muito o que melhorar, mas estamos no caminho certo. Agora, temos que focar nos jogos da próxima semana para seguimos evoluindo - afirmou Carol.

Capitã Fabiana

No segundo set do confronto entre Brasil e Bulgária, a central Fabiana deixou a quadra com dores no tornozelo direito, após cair de mau jeito na tentativa de bloquear um ataque búlgaro. A bicampeã olímpica será reavaliada nesta sexta-feira para saber o grau da lesão.