Equipe do São Caetano durante partida da Superliga Feminina de vôlei (Foto: Divulgação / São Cristóvão Saúde/São Caetano)

Equipe do São Caetano durante partida da Superliga Feminina de vôlei (Foto: Divulgação / São Cristóvão Saúde/São Caetano)

RADAR/LANCE!
26/11/2015
17:55
São Caetano (SP)

O São Cristóvão Saúde/São Caetano tem a difícil missão de enfrentar, nesta sexta-feira, às 20h, o Rexona/Ades, atual campeão da Superliga, pela quinta rodada da competição, no Ginásio Lauro Gomes, em São Caetano do Sul.

A equipe do técnico Hairton Cabral vem de derrota contra o líder Nestlé/Osasco fora de casa por 3 sets a 0, e agora quer a reabilitação para subir na tabela. Já o Rexona/Ades é o terceiro colocado e vem de vitória contra o Rio do Sul/Equibrasil, no Ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro.

Para a ponteira Soninha, uma das mais experientes do São Caetano, o jogo será muito difícil, pois enfrentará a equipe mais vencedora da Superliga.

- O Rio de Janeiro é uma equipe muito forte e que brigará pelo titulo, então temos que entrar concentradas o tempo todo e não deixar cair, pois um momento de desatenção elas abrem vantagem e fica difícil de recuperar o set - afirmou Soninha.

No último confronto entre as duas equipes foram nas quartas de final da última Superliga e o Rio de Janeiro levou a melhor nas duas partidas.