Rexona-AdeS, do técnico Bernardinho, venceu Vôlei Nestlé fora de casa e terminou primeiro turno na liderança (Foto: Wander Roberto/CBV)

Rexona-AdeS, do técnico Bernardinho, estreia nesta quarta no Sul-Americano de clubes (Foto: Wander Roberto/CBV)

RADAR/LANCE!
23/02/2016
12:36
La Plata (ARG)

Atual campeão da Superliga feminina de vôlei, o Rexona-AdeS (RJ) será o representante brasileiro no Campeonato Sul-Americano de Clubes, que terá início nesta quarta-feira, em La Plata, na Argentina. O primeiro adversário da equipe carioca na busca pelo tricampeonato será justamente um time da casa, o GELP, no confronto que acontecerá às 21h.

A equipe dirigida pelo técnico Bernardinho já está na Argentina, na preparação final para a partida de estreia. Segundo o treinador, as informações sobre os adversários são poucas, mas há uma preocupação em enfrentar as donas da casa.

- Não temos muitas informações sobre todas as equipes. Estrearemos já contra uma equipe argentina, da casa, e precisaremos estar atentos para fazer um bom jogo. Imaginamos que os dois times argentinos e o peruano são mais qualificados que os outros - comentou Bernardinho, que tem como plano conhecer as equipes já durante os primeiros jogos.

- Durante a competição, na fase inicial, temos que aproveitar para saber mais sobre estes adversários. Desta maneira, poderemos ter os dados necessários para a fase do final de semana, semifinal e final, que é o que realmente conta - disse Bernardinho.

O Rexona-AdeS está no Grupo B, ao lado de GELP, da Argentina, e Olympic, da Bolívia, que será o adversário de sexta-feira. No Grupo AQ estão Villa Dora, da Argentina, San Martin, do Peru, e Juan Ferreira, do Uruguai.