Brasil segue com quatro duplas em Gstaad

Pedro e Bruno estão nas oitavas de final (Foto: Divulgação/FIVB)

LANCE!
12/07/2018
15:39
Gstaad (SUI)

Das sete duplas que iniciaram o Major Series de Gstaad (SUI), etapa cinco estrelas do Circuito Mundial de vôlei de praia, o Brasil ainda tem quatro na briga pelo título. Nesta quinta-feira, Pedro Solberg/Bruno Schmidt e Ágatha/Duda conseguiram a classificação direta para as oitavas de final. Já Maria Elisa/Carol Solberg e Taiana/Carol Horta estão na repescagem.

Ágatha e Duda saíram em primeiro no grupo C após vencerem Kholomina e Makroguzova, da Rússia, por 2 sets a 1 (21/19, 20/22 e 15/10). Agora elas esperam as definições da repescagem para conhecerem as adversárias.

– Foram dois jogos muito difíceis. Aqui temos algumas características diferentes das últimas etapas, a areia é mais funda, está mais ensolarado. Então temos que sempre nos adaptar. Aproveitamos a última semana nos preparando. Ainda não sabemos quem serão as adversárias de amanhã, mas nosso lema é descansar o máximo para podermos estar bem preparadas e concentradas quando entrarmos na quadra novamente – disse Ágatha.

As outras duas parcerias do Brasil no torneio feminino acabaram superadas na rodada e vão para a repescagem. No grupo D, Taiana e Carol Horta sofreram o revés para Taliqua Clancy e Mariafe Artacho (AUS) por 2 sets a 0 (16/21 e 15/21). Maria Elisa e Carol Solberg lutaram bastante mas não conseguiram superar Bieneck/Schneider (ALE) na disputa pelo primeiro lugar no grupo F. As alemãs venceram por 2 sets a 1 (21/14, 19/21 e 11/15).

No masculino, Pedro Solberg e Bruno Schmidt, que tinham estreado com derrota, conseguiram se recuperar na segunda rodada do grupo D, quando venceram Beeler/Métral (SUI) por 2 sets a 0 (23/21 e 21/16). Depois, na repescagem, passaram por Budinger/Rosenthal (EUA) por 2 sets a 0 (21/19 e 21/15). Nas oitavas, eles enfrentarão a jovem dupla norueguesa formada por Anders Mol e Christian Sorum.

As demais duplas masculinas do Brasil deram adeus à competição na Suíça. Evandro/Vitor Felipe foram superados por Perusic/Schweiner, da República Tcheca, por 2 sets a 0 (19/21 e 23/25). Os letões Plavins e Tocs eliminou Alison/André (com vitória por 2 sets a 1 (21/15, 25/27 e 15/12). E George/Thiago não conseguiu passar por Charly/Tigrito (VEN). Os venezuelanos acabaram levando a melhor no tie-break (15/21, 21/16 e 13/15).

A etapa de Gstaad é a segunda de três etapas do nível cinco estrelas do Circuito Mundial. Desde 2017, as competições são classificadas de uma a cinco estrelas de acordo com a pontuação e a premiação que oferecem aos atletas. O torneio é composto por 32 times no masculino e o mesmo número no feminino, rendendo 40 mil dólares aos campeões e 1200 pontos no ranking.