CIRCUITO MUNDIAL: Maria Elisa e Carol Solberg ficam com a medalha de prata na etapa da Holanda

Maria Elisa tenta passar pela americana Alix, que disputou a última Superliga pelo Praia Clube (Divulgação/FIVB)

LANCE!
07/01/2018
15:05
Haia (HOL)

O Brasil ficou com a medalha de prata na primeira etapa do Circuito Mundial de vôlei de praia 2018, em Haia, na Holanda. Maria Elisa e Carolina Solberg terminaram com o vice-campeonato ao serem superadas pelas norte-americanas Alix Klineman, que disputou a última Superliga pelo Dentil/Praia Clube, e April Ross por 2 sets a 0 (21-12, 21-15), em 33 minutos, na manhã deste domingo.

A prata rende para Maria Elisa e Carol Solberg 720 pontos no ranking do Circuito Mundial, além de um prêmio de cerca de R$ 50 mil. É a segunda medalha em etapas internacionais da parceria que foi formada no meio da temporada passada. A outra medalha também havia sido conquistada em Haia, com o ouro em junho de 2017.

A etapa foi de superação para a dupla, que começou no classificatório e teve que encarar duas partidas a mais do que a maioria das suas adversárias. Além disso, Maria Elisa se casou em dezembro e precisou treinar e manter a forma mesmo durante a lua de mel. Ela brincou com o fato no último sábado, após a vitória na semifinal.

As norte-americanas, que disputaram em Haia o primeiro evento juntas, começaram fortes, impondo ritmo e abriram boa vantagem no começo do primeiro set. Os bons saques de April dificultaram a armação das jogadas das brasileiras. No segundo set, a partida começou mais equilibrada, mas o time dos EUA conseguiu deslanchar na reta final do set para vencer.

A campanha das brasileiras na Holanda contou com sete vitórias e somente a derrota na final, quando a dupla perdeu os primeiros sets no torneio. O bronze em Haia ficou com as suíças Nina Betschart e Tanja Huberli, que superaram as tchecas Hermannova e Slukova. O próximo desafio de Maria e Carol acontece ainda neste mês, de 23 a 28, com a etapa de Fortaleza (CE) do Circuito Brasileiro Open, onde elas lideram.

Apesar da derrota neste domingo, em nove torneios disputados em Haia, todos com torneio nos dois naipes, o Brasil segue como maior vencedor com dez medalhas de ouro (três no masculino e sete no feminino).

A segunda etapa acontecerá em Shepparton, na Austrália, em um torneio de uma estrela disputado de 1º a 4 de fevereiro, mas que não contará com duplas brasileiras.